NFL

Após ser expulso do Combine, Reuben Foster pede desculpas aos times; veja as manchetes do fim de semana

Reuben Foster, linebacker de Alabama

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Reuben Foster, ex-linebacker de Alabama, foi enviado para casa mais cedo do Scouting Combine da NFL após ter se envolvido em uma “discussão acalorada” com um trabalhador do hospital na sexta-feira. Ele foi mandado embora antes das entrevistas com os times na sexta-feira e dos testes no domingo.

Segundo uma fonte da liga houve uma “falta de comunicação” que permitiu que a discussão entre Foster e o funcionário do hospital aumentasse. O linebacker estava passando estava esperando por um longo período o que a liga chama de “pré-exame”, quando ele ficou cada vez mais impaciente e começou a questionar funcionário.

Após o ocorrido, Reuben Foster, que chegou a dizer que “nada aconteceu” em uma live no Instagram, enviou uma carta pedindo desculpas para as equipes pelo incidente que o tirou do Combine. Ele também se disponibilizou para falar com qualquer equipe na terça-feira.

– Takkarist McKinley, defensive end de UCLA, é um dos pass rushers mais bem cotados no draft da NFL e ele precisará passar por uma cirurgia no se ombro direito problemático. Para piorar, o tempo de recuperação é de “quatro a seis meses”.

– Apesar da camisa do Combine dizer linebacker, o versátil Jabrill Peppers já sabe onde ele deve jogar como profissional. “Com o que me pareço? Sou um safety. Eu sou capaz de ser muito efetivo onde quer que me coloquem. Eu sou um safety muito bom. Eu acho que as equipes perceberam isso”, disse ele.

– O defensive end Myles Garrett é cotado para ser a primeira escolha geral do draft e ele já sabe quem é o jogador que ele tem mais vontade de sackar: “Tom Brady. Por que eu tenho ele como alvo? Eu sou um fã de Peyton Manning”, disse o prospecto.

– O Seattle Seahawks assinou contrato com Blair Walsh para tê-lo como apólice de seguro para o caso de Steven Hauschka não voltar para a equipe e o general manager John Schneider elogiou Walsh. “Ele é um cara muito confiante”.

– O pai do defensive tackle do Green Bay Packers Kenny Clark, que está preso há 12 anos por assassinato, perdeu a sua última e talvez melhor chance de anular a sua sentença de 55 anos sem possibilidade de liberdade condicional. Um juiz federal rejeitou os mais recentes argumentos dele.

– Tim Williams, ex-linebacker de Alabama, reconheceu durante o Combine que já falhou no teste de drogas e confirmou que esse é um dos motivos para os olheiros terem algumas preocupações sobre ele. “(Sou um) jogador jovem tomando decisões das quais eu cresci”.

– Aposentado, o ex-wide receiver acredita que Brandon Marshall, que virou agente livre após ser dispensado pelo New York Jets, seria uma boa para o Baltimore Ravens. “Eu acho que ele seria um bom ajuste”.

– O Pittsburgh Steelers e o Tennessee Titans estariam interessados em contratar o defensive back Dre Kirkpatrick, ex-jogador do Cincinnati Bengals que se tornou agente livre.

– New England Patriots, Jacksonville Jaguars e Oakland Raiders estariam interessados em assinar com o tight end agente livre Martellus Bennett.

Comments
To Top