NFL

Após seis temporadas, Philadelphia Eagles dispensa o defensive end Vinny Curry

Vinny Curry, defensive end do Philadelphia Eagles

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Philadelphia Eagles dispensou o defensive end Vinny Curry nesta sexta-feira (16), em uma decisão que fará a franquia liberar US$ 5 milhões de espaço no salary cap.

Curry ia faturar um salário-base de US$ 9 milhões na temporada 2018 da National Football League e os Eagles tentaram acertar uma reestruturação de contrato com o defensor para mantê-lo, mas não chegaram a um acordo.

Os Eagles também chegaram a explorar opções de trocas com possíveis interessados antes de dispensarem o atleta.

“Nós queremos agradecer Vinny Curry por suas contribuições à nossa organização ao longo das últimas seis temporadas, incluindo o papel importante que ele desempenhou para trazer à nossa cidade o primeiro título do Super Bowl. É difícil se separar de um jogador como Vinny, que causou um impacto dentro de campo, no vestiário e na comunidade. Nós desejamos a Vinny e sua família tudo do melhor daqui em diante”, declarou o Philadelphia Eagles, em nota oficial.

A saída de Curry se dá depois que os Eagles adquiriram Michael Bennett em troca com o Seattle Seahawks.

Bennett chega para compor uma rotação de defensive ends que conta atualmente com nomes como Brandon Graham, Derek Barnett e Chris Long.

Os Eagles acertaram um contrato de cinco anos, com valor de US$ 46 milhões, com Curry em 2016.

Na temporada passada, ele foi titular na campanha que culminou no título do Super Bowl, mas terminou a temporada com apenas três sacks, além de 42 tackles combinados e um fumble forçado.

Atualmente com 29 anos de idade, Curry foi selecionado pelos Eagles na segunda rodada do draft de 2012, com a 59ª escolha geral.

Em 84 partidas de temporadas regulares com a camisa da franquia da Pensilvânia, Vinny Curry somou 130 tackles combinados, 22 sacks, cinco fumbles forçados, um fumble recuperado e dois passes desviados em seis temporadas na NFL até agora.

Comments
To Top