NFL

Após quase morrer em sequestro relâmpago, o safety Earl Wolff conta como foi

(Crédito: Youtube/reprodução)

(Crédito: Youtube/reprodução)

Contratado pelo Jacksonville Jaguars nesta offseason, Earl Wolff decidiu que iria visitar a mãe para o aniversário dela e de seu amigo de infância, mas acabou sofrendo um grande contratempo no caminho. No último mês de fevereiro, o atleta foi sequestrado e roubado em Fayetteville, na Carolina do Norte, com uma arma apontada para ele.

Para o ‘The Monday Morning Quarterback’, o defensive back escreveu um relato em primeira pessoa sobre como foi o incidente, com direito aos momentos mais tensos da experiência.

“Meu Range Rover branco 2011 está estacionado na rua. Quando eu entro e alcanço o cinto de segurança, alguém puxa minha porta aberta. Há um homem usando uma máscara de esqui preta e apontando um AK-47 a centímetros do meu rosto”, começou o atleta em seu relato.

Em choque, Earl Wolff conta que o criminoso gritou pelas chaves do carro, sua carteira e celular, além de mandá-lo sair do veículo. Até que aparecem mais dois homens armados e sentaram com ele no banco de trás, enquanto o primeiro dirigia pelo bairro.

Tentando conversar com seus sequestradores, Wolff tentou ainda dizer que podiam levar tudo o que quisessem, que ele só queria voltar para sua família. “’Por que você está mentindo? Minta para mim de novo e eu te mato’”, respondeu um dos criminosos. O problema, que já estava grande, aumentou quando o atleta contou seu nome para os homens que o estavam levando.

“Eles me perguntam quem está em casa e eu digo. Apesar de não ter visto os rostos, posso dizer pelas vozes que eram jovens. Eles me perguntam meu nome”, lembrou Earl Wolff.

Ao reconhecerem o atleta, os meninos julgaram ser impossível que ele não tivesse dinheiro, e o agrediram no joelho com a arma, até ele ficar sangrando.

Ainda no texto em primeira pessoa, ele conta que, quando seus captores ouviram o barulho de sirenes, deixaram-no escapar com vida. Confira aqui o belo texto de Earl Wolff na íntegra.

Comments
To Top