NFL

Após lesão no joelho, Carson Wentz garante que não mudará seu estilo de jogo

Carson Wentz, quarterback do Philadelphia Eagles

(Crédito: Twitter/reprodução)

Carson Wentz acabou sofrendo rupturas no ligamento cruzado anterior e no ligamento colateral lateral do joelho e a contusão grave encerrou a temporada 2017 do quarterback de maneira precoce.

E mesmo que muitos analistas mencionem o estilo de Wentz de correr como fator que pode causar esse tipo de lesão durante sua carreira profissional, o astro do Philadelphia Eagles garantiu que não vai mudar seu estilo de jogo mesmo após a contusão.

“Eu, definitivamente, não vou mudar, por assim dizer. Isso é o que me fez ser bem-sucedido na temporada passada e em toda a minha carreira. É algo que eu aprendi desde que entrei na liga – como me proteger (…) Eu não vou deixar isso me mudar”, declarou o camisa 11 dos Eagles na última terça (13) na ‘Sports Radio 94WIP’, segundo o ‘NJ.com’.

Apesar de sua grande capacidade de improvisação saindo do pocket, Wentz não é imprudente como muitos quarterbacks com mobilidade e ele usa sua habilidade com as pernas para ser ainda mais perigoso dentro do gramado.

Atualmente, Carson Wentz continua a se recuperar da lesão sofrida na semana 14 da temporada regular, mais precisamente no dia 10 de dezembro. O signal caller abandonou as muletas e até lançou bolas no campo antes da vitória de seu time sobre o New England Patriots, no Super Bowl LII.

Mesmo assim, dada à previsão de recuperação da ruptura no ligamento cruzado anterior, não há garantia de que Wentz estará pronto para o início da temporada regular de 2018. Ainda assim, o signal caller de 25 anos de idade frisou que pretende estar em campo para o kickoff da próxima temporada.

“Esse é definitivamente meu objetivo. Cronogramas e todas essas coisas são sempre uma coisa fluida. Obviamente, não posso vir e fazer uma declaração sobre qualquer coisa, mas meu objetivo é estar jogando na semana 1”, finalizou Wentz.

Antes da grave lesão, Carson Wentz vinha tendo a melhor temporada de sua ainda curta carreira profissional em 2017. Chegando até a ser cotado ao prêmio de MVP, o camisa 11 dos Eagles acertou 60,2% de seus passes para 3.296 jardas, 33 touchdowns e sete interceptações em 13 partidas.

Wentz também correu 64 vezes para 299 jardas, com uma média de 4,7 jardas por carregada.

Comments
To Top