NFL

Após gesto obsceno, Pete Carroll pede para críticos “darem um desconto” a Earl Thomas

Pete Carroll, técnico do Seattle Seahawks

(Crédito: Twitter/reprodução)

Pete Carroll, head coach do Seattle Seahawks, afirmou que qualquer um que está criticando o safety Earl Thomas por mostrar o dedo do meio para a linha lateral de sua equipe enquanto era carregado para fora do campo com uma fratura na perna deveria “dar um desconto” ao safety. Os comentários foram feitos nesta segunda-feira, durante entrevista na ‘ESPN', um dia após ele ter declarado que não viu o gesto.

“Pessoas que estão criticando o que quer que aconteceu não entende. Esse foi um momento crítico para o garoto. Ele estava tentando jogar o esporte que ama e, de repente, isso acontece. Ele sabia exatamente o que aconteceu a ele”, declarou o comandante da franquia do estado de Washington.

“Ele sabia de tudo e se emocionou o máximo que podia… dê a ele um desconto. Este é um momento muito, muito difícil que a maioria das pessoas não entende sobre o que se trata”, completou Pete Carroll, que informou no domingo que acreditava que esta lesão era similar a que Thomas sofreu em dezembro de 2016.

Depois da partida, o defensive back não estava disponível para conversar com a imprensa. O futuro do jogador de 29 anos vem sendo discutido durante toda a offseason e os rumores de troca seguiram desde que ele se apresentou na semana da abertura da temporada. Adam Schefter noticiou que os Seahawks ainda estão abertos a trocar o safety, contudo eles se recusam a baixar a pedida de uma escolha de segunda rodada do draft de 2019.

Earl Thomas vem demonstrado sua insatisfação com seu contrato, que está no último ano e vale US$ 8,5 milhões.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top