NFL

Após eliminação dos Cowboys, Jerry Jones dá respaldo para Jason Garrett

Jason Garrett, técnico do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

Com a derrota por 21 a 12 para o Seattle Seahawks, neste domingo (24), o Dallas Cowboys foi eliminado da disputa por uma vaga nos playoffs e ficará fora da fase decisiva do campeonato pela quinta vez em sete temporadas de Jason Garrett como head coach.

Sinal de que o técnico está balançando no cargo, certo? Não mesmo.

Jerry Jones, proprietário e general manager da franquia texana, frisou que não pretende fazer uma mudança de técnico nesta offseason mesmo após uma temporada 2017 frustrante.

“Simplesmente somos claros em relação a isso, entendo a frustração logo depois de perder um jogo que tinha tanto significado quando esse jogo, mas eu vejo muitas coisas diferentes e já estive por perto de muitos head coaches e coordenadores. E me sinto bem com nosso técnico principal”, declarou Jones.

Garrett tem um retrospecto de 67 vitórias e 55 derrotas no comando dos Cowboys, incluindo suas cinco vitórias e três derrotas como técnico interino em 2010. Ele levou o time aos playoffs em 2014 e 2016.

Dallas chegou a conquistar o direito de jogar todas as partidas em casa nos playoffs da temporada passada, após uma campanha 13-3 na temporada regular, mas perdeu para o Green Bay Packers logo na rodada de divisão.

Garrett assinou um novo contrato de cinco anos depois de comandar os Cowboys em uma campanha de 12-4 em 2014.

E o técnico não se mostrou interessado em falar sobre seu futuro após a eliminação deste domingo.

“Meu trabalho é (fazer) o melhor trabalho para esse time de futebol americano. Foi uma derrota difícil para nós hoje, e vamos voltar ao trabalho e tentar fechar bem”, frisou o treinador.

Jason Garrett foi nomeado o Técnico do Ano da NFL ao final da temporada passada e ele é o segundo técnico que há mais tempo está no cargo e o segundo técnico mais vencedor (atrás de Tom Landry) na história do Dallas Cowboys.

Apesar disso, ele não tem tido sucesso regularmente no comando do time e tem a chance de somar sua terceira campanha 8-8 à frente dos Cowboys se a equipe perder na semana 17 para o Philadelphia Eagles.

Mesmo assim, Jones vê aspectos positivos.

“Estou entusiasmado com nosso futuro com Dak como quarterback, extremamente entusiasmado com nosso futuro. Não há dúvidas, não há problemas se vocês estiverem falando sobre qualquer coisa relativa aos técnicos, dentro de certos limites, mas especificamente no topo. Nós só precisamos fazer isso melhor”, finalizou Jerry Jones.

Comments
To Top