NFL

Após “bater as possibilidades”, Sam Shields sonhe em seguir nos Rams

Sam Shields, cornerback do Los Angeles Rams

(Crédito: Twitter/reprodução)

Depois de quase duas temporadas por causa de problemas recorrentes de uma concussão, Sam Shields voltou a jogar futebol americano em 2018 e participou da campanha que levou o Los Angeles Rams ao Super Bowl LIII. Apesar de estar com 31 anos e ter o histórico de lesão, o cornerback não pensa em se aposentar.

“Cara, isso é uma bênção. Apenas um sonho. Tudo pelo o que eu passei, chegar no Super Bowl, toda a temporada, o que eu fiz. Não desisti, passei pela parte mental, bati todas as possibilidades. Me sinto eu mesmo de novo. Sinto que quero seguir (jogando) um pouco mais”, declarou Shields.

O veterano era um dos quatro jogadores da franquia de Los Angeles que já tinha jogado uma final antes da derrota por 13 a 3 para o New England Patriots. Após passar sete temporadas no Green Bay Packers, time com o qual venceu o Troféu Vince Lombardi como calouro, ele fez apenas um jogo em 2016 e perdeu todo o ano de 2017.

Shields assinou com os Rams na offseason para ser uma opção no elenco. Ele teve um papel importante após a lesão de Aqib Talib. Quando o trio Talib, Marcus Peters e Nickell Robey-Coleman estava saudável, ele havia ficado relegado à função de equipes especiais. Nos playoffs, o jogador de 31 anos não atuou em nenhum snap defensivo.

Mesmo sem contrato para a temporada de 2019, o veterano sonha em seguir em L.A. “Com certeza. Você sabe, o que for preciso. Sei como esse negócio é, então, se for certo, irei voltar. Mas negócios são negócios”.

Comments
To Top