NFL

Após acusação antiga, Matt Patricia e Lions não serão punidos pela NFL

Matt Patricia, técnico do Detroit Lions

(Crédito: Detroit Lions/divulgação)

A National Football League determinou que nem o técnico Matt Patricia nem o Detroit Lions estarão sujeitos a punições depois de antigas acusações de agressão sexual contra o head coach virem à tona.

A informação foi confirmada por Brian McCarthy, porta-voz da NFL.

McCarthy observou que os Lions não têm culpa por não terem tomado conhecimento da prisão de Patricia em 1996 durante a entrevista do profissional para o cargo e que o técnico de 43 anos de idade também não será punido por não falar sobre sua detenção à organização.

“Nosso escritório analisou o assunto com os Lions e o Sr. Patricia, e se certificou de que a franquia se envolveu em práticas de contratação apropriadas e completas e que o Coach não enganou o time durante o processo de entrevista. Nós determinamos que os Lions lidaram com o processo de entrevista de maneira ponderada e abrangente e cumpriram de maneira plena e adequada todas as leis trabalhistas aplicáveis. Como tomamos conhecimento com o Sr. Patricia e os Lions, o assunto não fazia parte do processo de entrevista para oportunidades de emprego dentro e fora da NFL”, declarou Brian McCarthy, em nota.

A situação não abre margem para punição sob a política de conduta pessoal da NFL, já que as acusações ocorreram bem antes da afiliação de Patricia à NFL.

Após as acusações virem à tona em uma reportagem, Matt Patricia concedeu uma entrevista coletiva no dia 10 de maio na qual se defendeu de maneira veemente.

Comments
To Top