NFL

Antonio Gates manda recado a Joey Bosa: seja homem e se prepare para jogar

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

O imbróglio entre San Diego Chargers e Joey Bosa continua a ser um dos maiores assuntos da National Football League enquanto a temporada 2016 não começa. E o tema está até sendo uma grande distração durante o training camp da franquia californiana.

Selecionado com a terceira escolha geral do draft de 2016, o defensive end é o único calouro escolhido na primeira rodada que ainda não fechou contrato com seu time e algumas divergências na negociação seguem. Como notou Ian Rapoport, do ‘NFL.com’, “não há nenhum progresso” e “nenhuma conversa” entre as duas partes neste momento.

E, em meio a esse problema, Antonio Gates, um dos grandes líderes de elenco, resolveu se pronunciar.

“Meu conselho para qualquer jogador que está passando por qualquer situação contratual é que, em algum ponto, você tem que ser um homem e tem que entender que precisa se preparar para jogar”, declarou o lendário tight end, em entrevista ao jornal ‘San Diego Union-Tribune’.

As palavras de Gates têm muito peso, já que ele é um dos maiores jogadores da história do San Diego Chargers e está na franquia desde 2003, não tendo vestido outra camisa em sua carreira profissional na NFL. Além disso, o próprio tight end passou por uma disputa contratual com o time em 2005, o que acabou levando a uma suspensão de três jogos, e o experiente jogador diz ter aprendido a lição de não contar apenas com seus agentes.

“Algumas vezes você, como um homem, tem que apenas chegar e dizer: ‘é isso que vai ser’. Porque, às vezes, quer ou não (há) uma falta de comunicação com o general manager ou o agente, seja o que for, e no final das contas é sua vida, é sua carreira”, apontou o camisa 85. “E você meio que sabe o que é melhor para você, você sabe o que você precisa. Você ainda tem que ter essa visão direta de ser capaz de ir e desempenhar no mais alto nível. Então, para mim, esse sempre foi o fator determinante quando eu tive problemas”, finalizou Gates.

Agora resta saber se Joey Bosa está disposto a ouvir a voz da experiência e seguir os conselhos de Antonio Gates.

Em entrevista à rádio ‘XTRA 1360’, o general manager Tom Telesco, do San Diego Chargers, deixou claro que a diretoria quer chegar a um acordo, mas ressaltou que “precisa haver (um compromisso) em algum momento” por parte do jogador. Enquanto isso, nós esperamos (mesmo) que essa história logo chega ao fim. Depois de Ryan Fitzpatrick-New York Jets, chega de novela nesta offseason.

Comments
To Top