NFL

Antonio Callaway é suspenso por quatro jogos; veja mais movimentações na NFL

Antonio Callaway, wide receiver do Cleveland Browns

O wide receiver Antonio Callaway, do Cleveland Browns, foi suspenso por quatro jogos por violar a política de abuso de substâncias da National Football League.

Os Browns confirmaram a suspensão de maneira oficial.

“Eu assumo total responsabilidade pelas minhas ações. Eu cometi um erro e assumo isso. Tomei medidas para me tornar alguém melhor, e agradeço aos Browns por estarem do meu lado e me apoiando durante este momento. Eu sei que não há nada que eu possa dizer para recuperar a confiança; tudo será pelas minhas ações”, falou o recebedor, em comunicado divulgado pela franquia.

Callaway entrou na NFL com problemas em seu passado. Ele testou positivo para uso de maconha durante o Scouting Combine, em 2018, e foi citado por posse de maconha enquanto dirigia com uma licença suspensa em agosto do ano passado. A polícia também encontrou balas e uma arma enquanto faziam uma busca no veículo.

A acusação de posse foi retirada em uma audiência realizada no dia 25 de janeiro e Callaway assumiu a culpa por dirigir sem uma licença válida e por dirigir em alta velocidade. Ele pagou US$ 911 em multas e custos judiciais e recebeu um ano de liberdade condicional.

Enquanto estava na Universidade da Flórida, Callaway foi suspenso por toda a temporada 2017 por, supostamente, utilizar informações roubadas de cartão de crédito para financiar contas de livrarias. Ele também foi acusado de contravenção por posse de maconha e posse de equipamento de drogas durante uma blitz de trânsito feita pela polícia de Gainesville em maio de 2017.

Antonio Callaway foi selecionado pelos Browns na quarta rodada do draft de 2018 e, em 16 jogos em sua primeira temporada na NFL, ele fez 43 recepções para 586 jardas e cinco touchdowns.

Confira mais notícias de lesões e transações na NFL nesta sexta (9):

– O defensive tackle Vita Vea, do Tampa Bay Buccaneers, passou por uma ressonância magnética nesta sexta e o exame revelou que o defensor sofreu uma entorse no ligamento colateral lateral do joelho esquerdo.

A lesão, que pode manter o defensive lineman fora por dois anos, não vai exigir cirurgia.

Vea sofreu a contusão durante exercícios de bloqueio no treino da última terça. Ele conseguiu sair de campo andando sem ajuda, mas passou por uma ressonância magnética na noite do mesmo dia. Contudo, devido ao inchaço e fluido no seu joelho, o exame foi remarcado, segundo o técnico Bruce Arians.

Selecionado com a 12ª escolha geral do draft de 2018, Vea perdeu todo o training camp e os primeiros três jogos da temporada no ano passado devido a um problema muscular na panturrilha, mas ainda assim ele fechou o campeonato com três sacks.

– No Indianapolis Colts, o técnico Frank Reich disse aos repórteres que o quarterback Andrew Luck (panturrilha) não vai retornar aos treinos no sábado, no domingo ou na segunda, de acordo Kevin Bowen, da rádio ‘1070 The Fan’.

“Continuando a progredir com sua força, ainda há um grau de dor com o qual ele não está confortável. Obviamente, não estamos confortáveis em colocá-lo lá fora. Vamos continuar a trabalhar com nossa equipe médica nesse plano, conforme seguimos adiante”, frisou o head coach.

Luck sofreu a contusão na panturrilha em abril e, então, ele perdeu todas as atividades de offseason e o minicamp do time. Ele esteve disponível em apenas três treinos do training camp, todos como participante limitado.

– No Philadelphia Eagles, o quarterback reserva Nate Sudfeld deve ficar de fora por seis semanas depois de passar por cirurgia para reparar um osso fraturado no punho esquerdo. A informação foi apurada por Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Sudfeld sofreu a lesão em sua mão esquerda na noite da última quinta, durante a derrota dos Eagles para o Tennessee Titans, em jogo válido pela semana 1 da pré-temporada.

Em outra notícia dos Eagles, a organização adquiriu o defensive end Eli Harold em troca com o Buffalo Bills, cedendo o offensive lineman Ryan Bates na negociação.

Harold foi selecionado na terceira rodada do draft de 2015 pelo San Francisco 49ers e ficou por lá até 2017. Então, ele passou a temporada 2018 no Detroit Lions e fechou com os Bills nesta offseason. O DE soma nove sacks e 94 tackles em sua carreira até agora.

Já Bates é um calouro não draftado, originário de Penn State, que fechou com os Eagles em abril.

– O Jacksonville Jaguars fechou com o wide receiver Quandre Henderson e o linebacker Davis Tull, como anunciou a equipe nesta sexta.

– O Atlanta Falcons anunciou que chegou a um acordo com o linebacker Chase Middleton e dispensou o defensive back Hamp Cheevers.

– O Denver Broncos colocou o tight end calouro Austin Fort (ligamento cruzado anterior) na injured reserve nesta sexta, depois que ele se machucou durante o jogo de quinta contra o Seattle Seahawks. Posteriormente, a franquia do Colorado fechou com o offensive lineman Adam Bisnowaty.

– No Detroit Lions, depois que o quarterback reserva Tom Savage bateu forte sua cabeça no gramado na última quinta, o time vai testar os QBs Josh Johnson e Landry Jones neste sábado, de acordo com o jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’. Além do titular Matthew Stafford e de Savage, David Fales é o único quarterback no elenco da franquia de Michigan.

Comments
To Top