NFL

Antonio Brown sofreu congelamento nos pés durante crioterapia; veja boletim de lesões

Antonio Brown, wide receiver do Oakland Raiders

A lesão misteriosa no pé do wide receiver Antonio Brown, astro do Oakland Raiders, foi o resultado de um extremo congelamento causado por uma câmara de crioterapia, como confirmaram os jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, Chris Simms, do ‘Pro Football Talk’, e outros sites da imprensa especializada dos Estados Unidos.

Brown não estava usando calçados apropriados quando entrou na câmara de crioterapia no mês passado, na França, e isso levou à queimadura nos pés, deixando-os congelados.

Atualmente com 31 anos de idade, Brown perdeu uma parte significativa de seu primeiro training camp nos Raiders e não participa das atividades desde o dia 30 de julho, quando ele deixou o time para visitar um especialista em pés.

O técnico Jon Gruden disse nesta última terça que Brown estava “coletando informações” sobre a lesão e não disse quando o recebedor retornará.

Uma fonte disse ao jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, neste último final de semana que não se acredita que o problema seja algo de longo prazo. Na semana passada, Brown postou uma foto no Instagram na qual mostrava as solas dos pés com bolhas e descamação.

Os Raiders adquiriram Brown em troca com o Pittsburgh Steelers nesta offseason e deram um novo contrato ao recebedor.

Agora, o wideout tem pouco mais de um mês para que seus pés melhorem a tempo da estreia do time californiano na temporada 2019 contra o Denver Broncos, no Monday Night Football do dia 9 de setembro.

Confira mais notícias de lesões na NFL nesta quarta (7):

– O defensive end Joey Bosa, do San Francisco 49ers, está passando por uma ressonância magnética depois de sofrer uma aparente lesão no tornozelo direito durante o treino desta quarta. O pass rusher saiu mais cedo da atividade.

Com cerca de 45 minutos remanescentes na atividade, Bosa pareceu se enrolar com vários companheiros de equipe durante uma jogada de corrida e ficou caído no campo ao final do lance. Membros da equipe médica dos Niners prontamente atenderam o calouro e examinaram a parte inferior da perna direita e o tornozelo.

Após alguns minutos, Bosa conseguiu ficar em pé e saiu andando de campo acompanhado por dois médicos.

Em outras notícias de lesões dos 49ers, o wide receiver Marquise Goodwin e o cornerback Jason Verrett também saíram do treino desta quarta precocemente. Goodwin saiu mancando de campo depois de cair durante uma rota. Já Verrett também estava passando por uma ressonância magnética no tornozelo, assim como Bosa.

Robert Saleh, coordenador defensivo dos 49ers, deu a entender depois do treino que nem a lesão de Bosa nem a de Verrett parecem ser graves. Apesar disso, ele não deu detalhes.

Atualização: Bosa foi diagnosticado apenas com uma entorse no tornozelo, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e o time deve ser cauteloso com o calouro agora na pré-temporada. Rapoport também noticiou que Verrett sofreu apenas uma pequena entorse no tornozelo.

– No Seattle Seahawks, o tight end Ed Dickson passou por cirurgia no joelho na última terça e deve perder a pré-temporada, como disse o técnico Pete Carroll aos jornalistas.

Carroll disse que o time espera que Dickson retorne daqui a quatro ou cinco semanas. Sob esse prazo, a participação do TE na estreia do time na temporada 2019, contra o Cincinnati Bengals (8 de setembro), estaria em dúvida.

O head coach dos Seahawks também trouxe atualizações boas relacionadas ao defensive end calouro L.J. Collier, que sofreu uma entorse no pé no quinto dia de training camp, e afirmou que o pass rusher se consultou com um médico de outra cidade que lhe deu “uma atualização muito boa de tudo que está acontecendo”. Carroll preferiu não dar um prazo para o retorno de Collier, mas frisou que o defensive end não está utilizando mais bota protetora.

– O Kansas City Chiefs teve boas notícias em seu departamento médico nesta quarta. O running back titular Damien Williams voltou aos treinos depois de ficar afastado por mais de uma semana devido a uma contusão no músculo posterior da coxa sofrido no começo do training camp. A informação foi confirmada por B.J. Kissel, do site oficial da franquia.

– No Pittsburgh Steelers, o cornerback Joe Haden foi removido de campo depois de sofrer o que parece ser uma pequena lesão no tornozelo, como noticiou Tom Pelissero, da ‘NFL Network’.

Pelo Twitter, Haden fez questão de tranquilizar seus seguidores na noite desta quarta: “obrigado por todos os pensamentos e orações! Eu vou ficar bem”.

– No Tampa Bay Buccaneers, o defensive tackle Vita Vea vai passar por uma ressonância magnética na sexta, depois de sair mais cedo do treinamento de terça com uma lesão no joelho, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– No Houston Texans, o quarterback reserva A.J. McCarron sofreu uma lesão no polegar durante o treino da última terça e vai ficar afastado por algum tempo, como apurou Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, junto a uma fonte.

– No Cincinnati Bengals, o running back Rodney Anderson passou em seu teste físico e foi liberado para retornar aos treinos, como anunciou a equipe.

Comments
To Top