NFL

Antonio Brown pode ser multado por fazer Live no Facebook; veja as manchetes da terça-feira

Antonio Brown, wide receiver do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Instagram/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O wide receiver Antonio Brown poderá ser multado por fazer um Live no Facebook após a vitória do Pittsburgh Steelers sobre o Kansas City Chiefs por 18 a 16 no último domingo. A informação é de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

A National Football League está analisando se Brown violou ou não a política de mídias sociais da liga.

“O uso de mídias sociais por treinadores, jogadores e outros membros das operações de futebol americano é proibida no dia de jogo, incluindo o intervalo, iniciando 90 minutos antes do kickoff até o vestiário esteja aberto para a imprensa e os jogadores tenham cumprido a sua obrigação de estar disponível para a mídia que estão cobrindo o evento no pós-jogo”.

Antonio Brown claramente violou parte da diretriz e poderá sentir no bolso por isso.

– Com o contrato do quarterback reserva Ryan Mallett chegando ao fim, o general manager Ozzie Newsome que melhorar a apólice de seguro de Joe Flacco.

“Você viu o que acontece com as equipes quando o quarterback número um se machuca e você está tentando ganhar um jogo de playoffs”, disse Newsome se referindo ao Miami Dolphins e ao Oakland Raiders.

– Pete Carroll, head coach do Seattle Seahawks, mostrou o seu descontentamento por não poder jogar um segundo jogo de playoffs em casa.

“Perdemos nossa chance de ter o segundo jogo em casa. O quão valioso é isso? Perdemos aquela oportunidade. De todas as coisas na temporada, não ser capaz de fazer isso pode ter sido a coisa mais significante. Isso lhe dá melhores chances”.

– Tom Brady elogiou Aaron Rodgers.

“Eu acho que ele faz coisas que ninguém na liga nunca fez ou pode fazer, apenas por causa da sua habilidade física. Algumas das jogadas que ele faz, elas são fenomenais”, disse Brady. “Eu adoro assistir ele, admirando todas as coisas que ele pode fazer, porque eu não posso fazer muitas dessas coisas”.

– O head coach Dan Quinn se disse feliz pela evolução de Matt Ryan e como ele jogou.

“Você sabe por que eu sempre estou feliz? Quando você vê alguém realmente se aplicando e conseguindo chegar a um novo nível quando você já está em um nível realmente algo”, disse o treinador dos Falcons. “Dar mais um passo e atingir um novo nível é muito difícil”.

– Um grupo de empresas se manifestaram contra os Chargers e disseram que elas não irão se realocar para Los Angeles. Além disso, foi revelado que muitas delas se recusaram a ajudar com a mudança.

– O comissário Roger Goodell optou por ir assistir à final da NFC, evitando ir ao Gilette Stadium pela primeira vez desde o Deflategate.

Comments
To Top