NFL

Antonio Brown não esconde frustração com péssimo início de temporada dos Steelers

Antonio Brown, wide receiver do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Alvo de grande polêmica nesta última semana, Antonio Brown não anda fazendo nenhuma questão de esconder sua frustração com o início bem ruim de temporada 2018 do Pittsburgh Steelers.

O wide receiver conversou com a imprensa por quase dez minutos nesta quinta-feira (20) e foi contundente nas palavras ao defender sua paixão pelo esporte e sua competitividade extrema.

“Vocês não me conhecem de jeito nenhum”, falou Brown, em coletiva no vestiário dos Steelers. “Vocês apenas escrevem o que acham que vai dar audiência. Todos neste vestiário sabem o que eu defendo, sabem do que estou falando. Estou comprometido com este programa e esta organização. Estou totalmente aqui. Eu vou para o trabalho todos os dias, cuido dos meus negócios, e não encaro nada como garantido. Meu negócio é vencer aqui. Eu tenho aqui para ganhar. Nós não estamos vencendo, vocês estão certos, eu estou irritado”, continuou o recebedor All-Pro.

Neste momento, os Steelers estão com uma derrota e um empate em dois jogos na temporada até agora e o próximo confronto é contra o Tampa Bay Buccaneers, que venceu seus dois primeiros compromissos, no Monday Night Football.

Nesta quinta, Brown explicou que seu tweet polêmico publicado nesta semana e direcionado a um ex-funcionário dos Steelers foi uma decisão ruim que se tornou uma distração. O wideout observou que a postagem na rede social não refletia seus verdadeiros sentimentos.

Em relação ao problema pessoal que manteve o wide receiver afastado do treino da última segunda (17), Brown garante que ele foi comunicado ao técnico Mike Tomlin

“Obviamente (Tomlin) sabia onde eu estava”, apontou.

Tomlin se reuniu com Brown na última terça e aplicou uma punição não especificada ao recebedor depois do treino da última quarta.

Em sua conversa com os jornalistas nesta quinta, Brown explicou que sua discussão na lateral do campo com o coordenador ofensivo Randy Fichtner foi motivada pela frustração com a derrota para o Kansas City Chiefs por 42 a 37, no último domingo.

O camisa 84 garantiu que tem um bom e duradouro relacionamento com Fichtner e que não está preocupado com estatísticas individuais.

“Eu não estou na lateral do campo implorando para receber a bola ou fazendo as declarações que vocês falam. Estou irritado. Estamos perdendo. Somos péssimos”, afirmou Brown.

Questionado por que ele saiu do vestiário depois do jogo contra os Chiefs antes de a imprensa poder conversar com ele, Brown foi enfático: “se vocês querem falar comigo, vamos conversar. Eu estou bem aqui. Eu não estou me escondendo de nenhum de vocês. Eu não me escondo de ninguém. Eu sou de Liberty City (em Miami)”.

Brown chamou seu tweet de “comentário estúpido” que não muda sua gratidão por utilizar o uniforme do Pittsburgh Steelers. E o WR frisou que pretende se manter longe das polêmicas nas redes sociais, mas disse que é infeliz que um ex-funcionário do time de relações públicas da franquia tenha o criticado.

“Como um competidor, cara, eu levo essa me*** a sério. Essa me*** não é um jogo para mim. Faturar cheques não me importa. Eu olho para minhas tarefas e meu desempenho, isso significa muito para mim. Quando eu vou para casa, eu o analiso. Minha família analisa. Para mim, caras que pensam que podem simplesmente me desrespeitar é algo inadmissível”, disse.

Brown observou que se considera um líder no time que lidera pelo exemplo e que “assinou para vencer”.

“Vocês podem dizer que eu sou uma diva, mas perguntem para esses caras, eu coloco meu coração em jogo todos os dias”, falou. “Obviamente, eu estou no centro das atenções, por isso vocês sempre vão me colocar sob o microscópio. Mas eu sou um indivíduo (apaixonado). Não posso esconder o que sinto. Se não fosse importante para mim, eu diria que não importa”, explicou.

Brown espera estar no time no primeiro snap ofensivo contra os Bucs.

Em dois jogos na temporada até agora, Brown teve 33 bolas lançadas em sua direção, maior marca do time, e fez 18 recepções para 160 jardas e um touchdown mesmo voltando de uma lesão no quadríceps sofrida durante o training camp.

A última pergunta para Brown nesta quinta foi para descobrir se ele ainda está se reabilitando de alguma contusão persistente.

E ele mandou seu recado.

“O que vocês querem que eu diga? Vocês não se importam com meus problemas. Vocês provavelmente estão felizes por eu tê-los. Então, o que vocês querem que eu fale para vocês? Ninguém se importa com meus problemas. Só se preocupam com vitórias”, finalizou.

Comments
To Top