NFL

Antonio Brown deve se tornar o wide receiver mais bem pago de toda a NFL

Antonio Brown, wide receiver do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Pittsburgh Steelers teve o privilégio de contar com o melhor wide receiver da NFL sem precisar gastar horrores de dinheiro nos últimos anos. Mas essa ‘vida fácil’ está prestes a chegar ao fim.

Segundo informações de Ian Rapoport, do ‘NFL.com’, Antonio Brown pode receber um novo contrato que “supera os US$ 15 milhões que A.J. Green recebe em uma base anual”. E, caso ultrapasse o recebedor do Cincinnat Bengals, Brown se tornaria o wideout mais bem pago de toda a National Football League.

Como nota Rapoport, a reconstrução salarial que Brown recebeu na offseason passada, que fez seu pagamento pular de US$ 6,25 milhões para US$ 10,25 milhões, foi basicamente o que podemos chamar de ‘Band-Aid’. A reestruturação do acordo veio com a promessa dos Steelers de que tomaria conta da situação do 84 assim que a offseason de 2017 começar.

Tecnicamente, Brown está sob contrato na temporada 2017, mas o wide receiver dificilmente vai pisar em campo na próxima temporada se não receber um acordo de longa duração por parte do time de Pittsburgh.

E ele merece MESMO ser pago.

Ao longo das quatro últimas temporadas regulares, Antonio Brown agarrou 481 passes de 695 lançados em sua direção (69% de recepções) para 6.315 jardas e 43 touchdowns. O recebedor também tem médias de 13,1 jardas por recepção neste período, mesmo sendo marcado de maneira ‘especial’ pelos defensores.

Pensando só nos números da temporada 2016, Brown fez 106 recepções para 1.284 jardas e 12 touchdowns.

O problema para Pittsburgh diz respeito às manobras que precisarão ser feitas para dar um contrato super lucrativo para seu melhor wideout. Vale lembrar que, além de Brown, a equipe também pretende chegar a um acordo com o running back Le’Veon Bell, que está prestes a ser tornar agente livre, e manter outra peça ofensiva importantíssima.

Bell ainda tem a chance de exigir um pagamento acima do normal para running backs, já que ele também ajuda muito no jogo aéreo. Nos últimos 34 jogos, Le’Veon Bell fez 182 recepções para 1.606 jardas e cinco touchdowns.

Para efeito de comparação, Adrian Peterson, do Minnesota Vikings, liderou todos os running backs em 2016 no quesito pagamento e ‘pesou’ US$ 12 milhões no salary cap, com uma média de faturamento anual de US$ 14 milhões.

Boa sorte aos membros da diretoria do Pittsburgh Steelers nesta offseason. Vocês já podem começar a quebrar a cabeça nos escritórios…

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top