NFL

Andrew Luck vai retornar aos treinos do Indianapolis Colts nesta semana

Andrew Luck, quarterback do Indianapolis Colts

(Crédito: Twitter/reprodução)

Enfim chegou a hora. O quarterback Andrew Luck vai voltar a treinar com o Indianapolis Colts nesta semana, como confirmou o general manager Chris Ballard em entrevista à rádio ‘WFNI-1070 AM’, de Indianápolis, nesta segunda-feira (2).

“Nós vamos começar lentamente a trabalhar com ele nos treinos nesta semana. Vamos ver o quanto (trabalho) ele recebe. Mas temos um plano traçado em relação a como queremos que ele comece a ter repetições e, com o tempo, enquanto o incorporamos de volta ao trabalho coletivo e tudo mais, vamos trazê-lo de volta ao campo”, falou Ballard.

Desde que passou por cirurgia no ombro em janeiro, um dos maiores mistérios em Indiana tem girado em torno da volta do signal caller. O camisa 12 começou o training camp na lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list), mas foi retirado dessa lista antes do início da temporada regular.

Ballard e o técnico Chuck Pagano constantemente falaram que não havia um cronograma certo para a volta de Luck aos treinos.

No total, o quarterback, que é um dos melhores da NFL, passou os últimos nove meses recuperando a força e mobilidade no ombro. O QB lesionou o local originalmente na semana 3 da temporada 2015.

“Andrew está indo bem, está indo muito bem. Eu o vi lançando a bola, e ele está começando a recuperar seu movimento, fazendo com que a parte inferior do corpo começa a trabalhar com a parte superior. Seus níveis de força estão voltando para onde precisam estar”, frisou Ballard na entrevista.

Pagano, que também estava na rádio nesta segunda, deixou bem claro que Luck não terá uma grande quantidade de trabalho nos treinos já de cara. Enquanto o astro não pode voltar a jogar, Jacoby Brissett seguirá como titular do ataque dos Colts.

Luck, vale lembrar, não atua em uma partida de temporada regular desde a semana 17 da temporada 2016.

“Todo mundo tem que entender que ele não vai voltar e ter todas as repetições no primeiro time, jogando por 50, 60, 70 snaps em um dia de treino”, observou o head coach. “Nós temos que integrá-lo de volta ao treinamento. Como qualquer outra pessoa, fazer algum trabalho individual, lançar algumas rotas no ar, continuar com sua progressão de lançamento e ir trazendo junto. Mais uma vez, seria ótimo apenas tê-lo lá com seus companheiros de equipe, com camisa vermelha, trabalhando novamente”, completou Pagano.

Com campanha de uma vitória e três derrotas até agora, o Indianapolis Colts enfrenta o San Francisco 49ers neste domingo (8).

Comments
To Top