NFL

Andrew Luck é descartado para a semana 2; veja boletim de lesões

Andrew Luck, quarterback do Indianapolis Colts

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Indianapolis Colts descartou o quarterback Andrew Luck para o jogo da semana 2 da temporada regular, contra o Arizona Cardinals, como disse o técnico Chuck Pagano nesta segunda-feira (11).

Luck não vai treinar nesta semana, de acordo com Pagano, e o head coach da franquia de Indiana ainda não decidiu se será Scott Tolzien ou Jacoby Brissett que será o titular na partida contra a equipe de Glendale.

Os Colts ainda não deram um cronograma definitivo para a volta de Luck de sua cirurgia no ombro realizada em janeiro. O camisa 12 não treina desde a temporada passada.

Tolzien foi titular neste domingo (10), na derrota para o Los Angeles Rams, e teve muitas dificuldades comandando o ataque dos Colts, passando para apenas 128 jardas e lançando duas interceptações. Diante do desempenho dele, Pagano colocou Brissett no último quarto e ele passou para 51 jardas.

Andrew Luck foi removido da lista de jogadores sem condições físicas de desempenhar (PUP list) dias atrás, mas o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou neste último final de semana que o quarterback pode ficar fora até outubro.

O técnico Chuck Pagano também acrescentou nesta segunda que o center Ryan Kelly (pé) e o cornerback Vontae Davis (virilha) seguem sendo avaliados semana a semana.

Confira outras notícias de lesões desta segunda (11):

– O Dallas Cowboys ficará sem um de seus principais defensores por algumas semanas. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou que o cornerback Orlando Scandrick sofreu uma fratura na mão e passará por cirurgia.

Scandrick tinha planos de jogar nesta semana contra o Denver Broncos, mas ele vai “perder um ou dois jogos” devido ao procedimento cirúrgico. O técnico Jason Garrett, dos Cowboys, disse aos jornalistas que a operação será nesta segunda.

Também nos Cowboys, o wide receiver Terrance Williams (tornozelo) estava usando uma bota protetora no pé após a vitória sobre o New York Giants, na noite deste domingo, e ele disse aos jornalistas que espera estar pronto para o jogo de domingo contra os Broncos.

– O punter Kasey Redfern, do Detroit Lions, sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior, no ligamento colateral medial e em parte do tendão patelar do joelho durante a vitória do time por 35 a 23 sobre o Arizona Cardinals, no último domingo, e não vai atuar mais na temporada 2017 da NFL.

A lesão de Redfern ocorreu depois que ele deixou cair a bola após um snap em seu segundo passe e, então, ele optou por correr com a bola. Ele tomou um tackle dado pelo tight end Ifeanyi Momah. Os Lions tiraram o punter do jogo e o levaram para o vestiário.

Agora, a franquia de Michigan está testando punters para substituí-lo enquanto o punter titular Sam Martin aguarda para se tornar elegível da lista de lesionados por razões não relacionadas ao futebol americano (NFI list).

– O Houston Texans saiu da derrota para o Jacksonville Jaguars com muitos problemas no departamento médico e cinco jogadores estão no protocolo de concussão: o inside linebacker Brian Cushing, o wide receiver Bruce Ellington e todos os três tight ends que estão no elenco ativo (C.J. Fiedorowicz, Ryan Griffin e Stephen Anderson).

O técnico Bill O’Brien disse que será bem difícil para qualquer um dos cinco atuar no jogo de quinta-feira à noite, contra o Cincinnati Bengals, devido ao curto prazo.

Vale ressaltar que há um processo de cinco etapas para ser liberado do protocolo, incluindo um passo em que o jogador precisa retornar ao treinamento como participante sem limitações.

– O running back David Johnson, titular do Arizona Cardinals, sofreu um deslocamento no punho durante a derrota por 35 a 23 para o Detroit Lions e ele deve ficar afastado por um bom tempo. O jogador vai buscar uma segunda opinião sobre a lesão, mas ele deve precisar passar por cirurgia e é candidato a ser colocado na injured reserve.

Também nos Cardinals, o left tackle D.J. Humphries deve perder algumas semanas devido a uma entorse no ligamento colateral medial, como confirmou o técnico Bruce Arians.

– O linebacker calouro Reuben Foster, do San Francisco 49ers, sofreu uma entorse na parte superior do tornozelo durante a derrota para o Carolina Panthers, baseado no diagnóstico preliminar, de acordo com o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O linebacker deve passar por mais exames, mas ele deve ficar afastado por algum tempo.

– O cornerback Ronald Darby, do Philadelphia Eagles, sofreu um deslocamento no tornozelo e não deve precisar passar por cirurgia. Assim, o defensor deve ficar afastado por, no máximo, seis semanas.

Também nos Eagles, o kicker Caleb Sturgis também deve perdeu algumas semanas devido a um problema no quadríceps.

– O running back Danny Woodhead, do Baltimore Ravens, está “fora por tempo indeterminado” depois de lesionar o músculo posterior da coxa durante a vitória sobre o Cincinnati Bengals, como noticiou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, durante o programa Good Morning Football.

– O defensive end Stephon Tuitt, do Pittsburgh Steelers, será avaliado semana a semana depois de sofrer uma lesão no bíceps. Uma fonte disse ao jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, que a contusão de Tuitt não vai encerrar a temporada do defensor e que ele “está OK”.

– O wide receiver Kevin White, do Chicago Bears, será colocado na injured reserve, depois de sofrer uma fratura na escápula (ombro). O recebedor deve passar por cirurgia.

– O defensive end Myles Garrett, calouro do Cleveland Browns, disse aos jornalistas que sua entorse na parte superior do tornozelo não é tão grave quanto a que ele sofreu em 2016, mas ele não quer apressar seu retorno aos gramados.

– O técnico Doug Marrone, do Jacksonville Jaguars, confirmou que o wide receiver Allen Robinson sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho durante a vitória sobre o Houston Texans. Assim, ele não joga mais na temporada 2017.

– O safety Johnathan Cyprien, do Tennessee Titans, deve perder várias semanas de atividades depois de sofrer uma contusão no músculo posterior da coxa durante a derrota para o Oakland Raiders, no último domingo.

– O right tackle Zach Strief, do New Orleans Saints, saiu de campo na primeira metade da derrota para o Minnesota Vikings com uma lesão no joelho e foi descartado para o restante da partida. O problema é mais um gigante para a linha ofensiva da franquia da Louisiana, que já está sem o left tackle Terron Armstead após uma lesão no ombro.

Sem Strief, o veterano Senio Kelemete substituiu o companheiro na função de right tackle.

– O guard Ronald Leary, do Denver Broncos, saiu do jogo da noite desta segunda (11) contra o Los Angeles Chargers depois de sofrer uma concussão e não retornou.

Também na franquia do Colorado, o cornerback Brendan Langley (joelho) e o safety Darian Stewart não retornaram ao jogo.

– O safety Rayshawn Jenkins (concussão), do Los Angeles Chargers, saiu de campo durante a partida contra o Denver Broncos e perdeu o restante da partida nesta segunda à noite.

Comments
To Top