NFL

Aldon Smith é procurado pela polícia após suposto caso de violência doméstica

Aldon Smith, linebacker do Oakland Raiders

(Crédito: Instagram/reprodução)

Aldon Smith, linebacker do Oakland Raiders que está atualmente suspenso, está sendo procurado pela polícia de San Francisco devido à uma possível conexão com um incidente de violência doméstica ocorrido na noite de sábado (3).

“A vítima sofreu lesões que não são fatais. O suspeito fugiu do local antes da chegada da polícia e foi identificado como o jogador profissional de futebol americano Aldon Smith, um residente de Oakland de 28 anos de idade”, declarou a polícia no relatório oficial, documento que foi divulgado ao jornal ‘San Jose Mercury-News’.

No comunicado, consta que os policiais chegaram ao local por volta das 20h30 (horário local), em uma residência na Rua Bush depois de um chamado de um incidente de violência doméstica.

Selecionado pelo San Francisco 49ers na primeira rodada do draft de 2011, com a sétima escolha geral, Smith tem um histórico de problemas com a polícia.

Ele foi preso sob suspeita de dirigir embriagado em janeiro de 2012, uma acusação que foi reduzida posteriormente para condução imprudente.

Smith enfrentou três acusações de posse de armas derivadas de uma festa em sua casa em junho de 2012. A polícia afirmou que vários disparos foram efetuados, dois participantes da festa foram feridos e o linebacker foi esfaqueado.

O atleta se declarou inocente posteriormente e as acusações relacionadas às armas acabaram sendo reduzidas.

Smith foi preso e acusado de dirigir embriagado novamente em setembro de 2013, após um acidente de carro. Ele entrou na reabilitação de maneira voluntária e perdeu cinco jogos naquela temporada. O LB então foi condenado a 11 dias de liberação de trabalho por essa acusação e, mais tarde, foi suspenso por nove jogos pela NFL pelo incidente.

O jogador voltou a ser preso em abril de 2014, no Aeroporto Internacional de Los Angeles, quando a polícia disse que ele foi aleatoriamente escolhido para uma segunda revista e não cooperou com as autoridades, dizendo a um agente que ele tinha uma bomba em sua mochila. Nenhuma acusação foi oficializada neste incidente.

Smith foi condenado a 20 dias de prisão depois de não contestar uma acusação de colisão de carro e fuga derivada de um incidente ocorrido no dia 6 de agosto de 2015, quando ele foi acusado de dirigir embriagado pela terceira vez.

Os 49ers o dispensaram após esse incidente e o defensor foi então contratado pelo Oakland Raiders.

Smith atuou em nove jogos com a camisa dos Raiders em 2015, sendo sete como titular, e somou 3,5 sacks. Contudo, a National Football League, em reação aos inúmeros problemas com a Justiça e uma violação à política de substâncias proibidas, suspendeu Smith em 17 de novembro de 2015.

A liga ainda não reintegrou o linebacker e a equipe de Oakland não pode ter nenhum contato com o atleta, que segue colecionando problemas.

No final de semana do dia 11 de fevereiro de 2017, o nome de Smith apareceu em um relatório do Departamento de Polícia de San Francisco após uma investigação de violência doméstica, segundo o site ‘TMZ Sports’, mas nenhuma prisão foi feita na ocasião.

No dia 10 de março de 2017, Smith foi novamente detido pela polícia de San Francisco quando ele era o passageiro de um carro que colidiu com uma viatura policial. Ele foi liberado sem acusações.

Os Raiders, que acertaram uma extensão de contrato de dois anos com o linebacker que não rendeu dinheiro ao jogador, já que ele não foi reintegrado e não jogou antes da temporada 2016, não fez comentários sobre este incidente mais recente.

Aldon Smith foi escolhido para o primeiro time All-Pro em uma oportunidade em sua carreira e soma 47,5 sacks, cinco fumbles forçados e 180 tackles combinados, além de uma interceptação e oito passes desviados, em 59 partidas de temporadas regulares em sua carreira até agora.

Comments
To Top