NFL

Agora nos Browns, Andy Lee pede camisa 8 para homenagear sua falecida filha

(Crédito: reprodução)

(Crédito: reprodução)

O punter Andy Lee passou 11 anos defendendo o San Francisco 49ers e, nesta offseason, ele foi trocado para o Cleveland Browns. E após passar mais de uma década usando a camisa 4, agora ele vai utilizar a número 8, que é muito mais significativa para o atleta.

Após chegar à nova equipe, Lee pediu para trocar a numeração de forma a homenagear a sua falecida filha. Madeline nasceu em janeiro e viveu apenas oito dias antes de morrer devido a complicações pós-parto.

“Eu acho que algumas vezes, não necessariamente por mim e minha esposa, a vida dela (Madeline) pode ficar esquecida. Ela estava aqui, era uma pessoa mas ninguém a conheceu, ninguém conseguiu vê-la. Ela estava realmente viva e era realmente uma pessoa. É uma maneira de homenageá-la e uma maneira de dar a glória que ela merece”, declarou Lee, ao site oficial do Cleveland Browns.

A história de Andy Lee é bastante emocionante e nos faz refletir que nem tudo se resume a futebol americano.

“Foi uma mudança de vida, de algumas maneiras boas e outras ruins. Isso me fez apreciar os dois meninos que eu tenho, minha esposa, minha família. Mostra o quão frágil é a vida. E também mudou a forma que eu vejo a morte. Eu não quero morrer, não quero deixar minhas crianças e minha esposa, mas também eu quero ver a minha filha algum dia”, afirmou.

Três vezes selecionado para o Pro Bowl, jogo das estrelas da NFL, em sua carreira, todas elas utilizando a camisa 4 dos Niners, Andy Lee agora tem uma motivação a mais para render nesta temporada e tentar mostrar a sua emblemática camisa 8 para quem quiser ver. Uma linda homenagem do jogador à sua falecida filha é um ato de extrema nobreza. Sensacional, Andy Lee!

Comments
To Top