NFL

No Huddle – Agente: Antonio Brown precisa de um “recomeço”

Antonio Brown, wide receiver do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Drew Rosenhaus, agente de Antonio Brown, falou sobre o fato do wide receiver ter sido trocado do Pittsburgh Steelers para o Oakland Raiders, que lhe deu um aumento salarial. “Os Steelers deram a permissão para os Raiders falarem conosco. Desde que sabíamos que ele seria trocado, estávamos buscando um ajuste salarial… Antonio Brown teve nove grandes anos e teve um sucesso sem precedente, mas no fim do ano as coisas não deram certo. Ele sentiu que seria melhor um recomeço. As coisas pioraram e seria melhor um recomeço”.

– O Dallas Cowboys reestruturou o contrato do linebacker Sean Lee, que receberá YS$ 3,5 milhões em 2019 e poderá ter a chance de receber até US$ 7 milhões em incentivos.

– O tight end Dwayne Allen irá reencontrar Brian Flores, já que fechou contrato de dois anos e US$ 7 milhões com o Miami Dolphins. O ex-jogador dos Patriots também despertava interesse nos Ravens, Bears e Seahawks.

– O Green Bay Packers e o San Francisco 49ers expressaram seu interesse em adquirir o linebacker Dee Ford, jogador que recebeu franchise tag do Kansas City Chiefs. Sob a tag, ele receberá US$ 15,4 milhões em 2019.

– O Los Angeles Chargers cortou o safety Jahleel Addae após seis temporadas. Sem o jogador de 29 anos, a franquia da Califórnia irá economizar US$ 5 milhões no salary cap.

– O quarterback Jameis Winston expressou o seu desejo do wide receiver DeSean Jackson seguir no Tampa Bay Buccaneers apesar do veterano já ter expressado seu desejo de mudar de equipe. “Ele ainda é uma das maiores ameaças nos passes profundos. Espero que ele volte (em 2019)”.

– Cam Newton, quarterback do Carolina Panthers, voltou a fazer academia após ter passado por artroscopia no ombro direito. Ele fez uma postagem no Instagram marcando seu retorno aos treinos.

– Frank Clark, defensive end do Seattle Seahawks, não irá assinar sua franchise tag ou comparecer ao training camp até conseguir um novo contrato, de acordo com o jornalista Ian Rapoport. As duas partes têm até 15 de julho para fechar um contrato de longo prazo.

– Cedrick Hardman, ex-defensive end All-Pro que jogou no San Francisco 49ers, morreu aos 70 anos.

Comments
To Top