NFL

Advogado de suspeito de assassinar Will Smith sugere segunda arma no local

(Crédito: NOPD/divulgação)

(Crédito: NOPD/divulgação)

O advogado de Cardell Hayes, homem acusado de assassinar Will Smith na noite do último sábado (9), sugeriu de forma veemente nesta segunda-feira (11) a possibilidade da existência de uma segunda arma no local do crime, o que, segundo ele, poderia ajudar a exonerar seu cliente da acusação de assassinato em segundo grau.

John Fuller não disse quem ele crê que teria a segunda arma ou se ele acha que ela teria sido disparada e também se negou a dizer de Hayes planeja alegar legítima defesa, mas o advogado insistiu que seu cliente se sentiu ameaçado e apresentou um pedido no tribunal para que todas as provas balísticas sejam preservadas.

“Seria seguro dizer não apenas que meu cliente se sentiu ameaçado, mas também que os cidadãos que estavam lá naquele quarteirão também se sentiram ameaçados. E eu acho que a descoberta de uma segunda arma se prestará à defesa do Sr. Hayer”, afirmou Fuller. “Uma vez que tudo se tornar aparente, vocês vão ver porque estou dizendo que meu cliente, legalmente falando, não é culpado de assassinato em segundo grau”, completou o advogado.

Tyler Gamble, porta-voz do Departamento de Polícia de Nova Orleans (NOPD) disse que todos os cartuchos de balas encontrados no local correspondem à arma que foi inicialmente confiscada e que se acredita ter sido disparada por Cardell Hayes.

O advogado de Hayes, contudo, frisou que há uma diferença entre uma arma ser confiscada e mais de uma arma estar presente no local. John Fuller falou que sua crença resultou de testemunhas presentes no local e imagens em vídeo das ações que ocorreram na noite de sábado.

O NOPD também pretende indiciar Hayes com uma acusação relacionada aos disparos que atingiram Racquel, esposa de Will Smith, durante o incidente. Por enquanto, contudo, Hayes apenas está respondendo pela morte do ex-defensive end.

O superintendente Michael Harrison, do NOPD, e o prefeito Mitch Landrieu visitaram Racquel Smith no hospital nesta segunda e, segundo fontes da ‘ESPN’ norte-americana, a mulher está em condição estável depois de passar por cirurgia no domingo.

O Departamento de Polícia de Nova Orleans afirmou posteriormente não ter mais atualizações sobre o caso, já que a investigação ainda está sendo realizada.

Comments
To Top