NFL

Adrian Peterson quer seguir nos Vikings, mas considera Giants, Bucs e Texans

Adrian Peterson, running back do Minnesota Vikings

(Crédito: Twitter/reprodução)

O running back Adrian Peterson, do Minnesota Vikings, acredita que vai permanecer no time na temporada 2017, apesar de seu futuro ser nebuloso. Porém, em entrevista ao programa First Take, da ‘ESPN’ norte-americana, ele mencionou o New York Giants, o Tampa Bay Buccaneers e o Houston Texans como equipes que ele consideraria se ficasse disponível no mercado.

“Eu me vejo vestindo roxo, mas muito tem que acontecer. Eu me vejo encerrando a carreira em roxo. Esse é um negócio, no final das contas, então, com isso, as coisas podem acabar de forma diferente (…) Espero que possamos resolver as coisas”, declarou nesta quinta-feira (19).

O atleta observou que, se ficar mesmo livre no mercado, ele gostaria de ir a um time que lhe dê chances de brigar por um título de Super Bowl. O camisa 28 gostaria de atuar em uma equipe com boa defesa, com um bom esquema ofensivo e com uma grande comissão técnica.

“Há alguns times nos quais eu pensei sobre (…) New York (Giants) foi um deles que surgiu, Tampa Bay (Buccaneers), muitos times diferentes. Houston (Texans) seria um bom lugar. Eu vou parar por aqui (…) estou apenas citando alguns nomes aleatórios”, falou AP.

Atualmente com 31 anos de idade, Peterson passou 10 anos nos Vikings e já foi a sete Pro Bowl, tendo sido o MVP da NFL na temporada 2012.

O Minnesota Vikings tem uma opção de time para o running back em 2017 que inclui um salário-base de US$ 11,75 milhões e um bônus de elenco no valor de US$ 6 milhões. Eles teriam que decidir sobre essa opção no início do ano fiscal da NFL, em março, e o time deverá o bônus ao jogador se ele estiver no elenco da equipe no terceiro dia do novo ano da liga.

Um contrato reestruturado, por exemplo, teria que ser fechado em algum momento antes do dia 9 de março, quando começa o novo ano fiscal da NFL.

Adrian Peterson passou por cirurgia para reparar uma ruptura no menisco do joelho direito no dia 22 de setembro e voltou à equipe em três meses, superando a estimativa de recuperação estabelecida pelos médicos em cerca de um mês. Ele entrou em campo em uma partida depois da lesão, contra o Indianapolis Colts, no dia 18 de dezembro, mas não atuou nos últimos dois jogos dos Vikings na temporada 2016.

E, mesmo com os problemas recentes com lesões, Peterson acredita que ainda conseguirá atuar por cinco anos como um dos melhores running backs da NFL.

“Eu tenho uma mentalidade de ser o melhor. Indo para a próxima temporada, eu estarei pronto para jogar”, garantiu.

Adrian Peterson afirmou estar otimista em relação ao futuro dos Vikings, mas reconheceu que a linha ofensiva é uma preocupação e que melhorar o setor fará parte de sua conversa com a franquia.

“Nós temos algumas coisas realmente boas acontecendo em Minnesota. A defesa (…) temos um monte de jogadores decisivos na defesa. O ataque (…) (Sam) Bradford fez um ótimo trabalho, dado o que ele teve que superar. Sinto que se apertarmos a linha ofensiva, adicionarmos uma arma de wide (receiver), você tem um bom jogo corrido para complementar isso e o céu é o limite”, finalizou.

Na temporada 2016, em apenas três jogos nos quais entrou em campo, Peterson correu 37 vezes para 72 jardas e não anotou nenhum touchdown.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top