NFL

Adrian Peterson manda recado para os críticos: “a dúvida me motiva”

Adrian Peterson, running back do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

O New Orleans entra no training camp, no final de julho, com um backfield recheado de opções. Além de Mark Ingram, que é o principal running back da equipe, chegaram nesta offseason o veterano Adrian Peterson, ex-Minnesota Vikings, e o calouro Alvin Kamara, selecionado na terceira rodada do draft de 2017.

A dúvida que circula neste momento é relacionada a como o trabalho será dividido. Porém, se depender de Peterson, ele sabe que não terá o mesmo espaço que tinha na época de Vikings e o camisa 28 está tranquilo.

“Eu não preciso de todas essas carregadas para ser o meu melhor. Eu não acho que me tornei um grande jogador ao ter 20 ou 30 carregadas para chegar às 200 jardas. Se eles me alimentarem, ei, eu vou comer. Sempre que tiver oportunidades, vou aproveitá-las”, declarou Peterson em entrevista ao jornalista Dan Pompei, do ‘Bleacher Report’.

Na temporada 2016, sua décima na National Football League e no Minnesota Vikings, Adrian Peterson sofreu com lesões e disputou apenas três partidas, correndo 37 vezes para 72 jardas. Neste ano, contudo, o running back de 32 anos de idade quer voltar à velha forma e James Cooper, personal trainer de Peterson, acredita que seu amigo pode ser um dos melhores da liga.

“Existem os jogadores da NFL, há os titulares na NFL e então há o primeiro escalão, de um por cento. Ele ainda vai estar nessa parte superior de 1%”, disse Cooper ao ‘Bleacher Report’.

Mesmo depois de algumas lesões graves na carreira e de uma idade avançada para running backs, o técnico Sean Payton, do New Orleans Saints, crê que AP ainda tem várias temporadas para jogar em alto nível.

“Há algumas coisas que eu o vi fazer que são raras. Independentemente do quão talentoso alguém é, em algum momento isso desaparece ou diminui. Eu não acho que tenha acontecido com ele ainda. Realmente não acho. E isso é empolgante. Acho que ele é fisicamente capaz de nos dar um desempenho muito, muito algo, nível elite. Sinto que é isso. É um pouco diferente com este jogador do que o normal para a idade”, observou o head coach.

É claro que muitos seguem com o pé atrás em relação a Peterson. Ele está entrando em sua primeira temporada com uma camisa diferente da do Minnesota Vikings, tem idade avançada e está entrando na reta final de sua carreira profissional. Tudo isso, contudo, só dá mais combustível para o atleta.

“Sim, a dúvida me motiva. Eu estaria mentindo se dissesse que não. Você quer fazer coisas que as pessoas dizem que você não pode fazer”, finalizou Adrian Peterson.

Com tanta motivação, Peterson pode realmente ser um fator muito favorável para os Saints em 2017.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2007 pelos Vikings, com a sétima escolha geral, Adrian Peterson soma 2.418 carregadas para 11.747 jardas e 97 touchdowns, além de 241 recepções para 1.945 jardas e cinco TDs, em 123 partidas de temporadas regulares disputadas em sua carreira.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top