NFL

Adrian Peterson diz que ele poderia ter pulado o college

Crédito: facebook/reprodução

Crédito: facebook/reprodução

Olhando para trás, Adrian Peterson, running back do Minnesota Vikings, acredita que poderia ter feito a transição do último ano de high school (ensino médio) para a NFL, sem jogar no College, se tivesse a chance.

Peterson correu para 2960 jardas e 32 touchdowns no último ano de high school em 2003 e depois correu para 1890 jardas e 15 touchdowns, sendo 5,9 jardas por corrida, como calouro da University of Oklahoma.

“Não quero soar arrogante ou qualquer coisa, ou confiante, mas sim, eu sinto eu poderia ter saído do meu último ano no high school e jogar na NFL”, disse o jogador. “Eu realmente podia. E eu só vou dizer isto, pessoas estarão tipo ‘bem, fisicamente você não está preparado’. Eu vim no meu primeiro ano e estava pronto para o (troféu) Heisman, tive uma temporada muito boa, fui líder em corridas”.

“E lá foram os caras que entraram no campeonato naquele ano, como Cedric Benson, eu senti que no meu ano de calouro eu deveria ter ganhado o prêmio Doak Walker, mas deram para ele. Sinto como se fosse um jogador melhor do que ele. E por isso é como se eu fosse um verdadeiro calouro e se Cedric pode ir (para a NFL) e jogar, então por que eu não poderia fazer isso?”.

Benson foi escolhido pelo Chicago Bears na quarta colocação geral do draft de 2005.

Peterson também indicou na segunda-feira (28) que assistiu, com interesse, o processo de Maurice Clarett contra a NFL em 2003 desafiando a regra de que jogadores podem entrar no draft três anos após terem terminado o ensino médio. Clarret tinha 19 anos na época do processo e tinha acabado o seu primeiro ano em Ohio State.

Clarett não foi bem-sucedido e a regra da NFL permanece, no lugar, jovens de 20 anos tem aparecido no draft. Para o Denver Broncos, tanto o running back Ronnie Hillman e o quarterback reserva Brock Osweiler foram selecionados com 20 anos.

“Mas eu estava tão feliz com a situação ode Clarett quando aconteceu isso… e (antes da decisão do tribunal) eu estava como ‘wow, eu poderia ser capaz de deixar o ensino médio e realmente fazer isso acontecer’. Mas eu não acho que muitas pessoas poderiam fazer isso, apesar de tudo”.

A questão sobre o salto voltou com o estudante do segundo ano da LSU, o running back Leonard Fournette, que correu para 1034 jardas na temporada passada como calouro para os Tigers e já correu para 631 jardas em três jogos nesta temporada.

Pela regra da NFL, Fournette não pode participar do draft da NFL até 2017.

Peterson disse que não viu Fournette jogar um jogo, “apenas highlights”.

Comments
To Top