NFL

Adam Thielen lesiona tornozelo e treina de forma limitada nos Vikings; veja boletim

Adam Thielen, wide receiver do Minnesota Vikings

Sem Stefon Diggs no treinamento pelo segundo dia consecutivo, o Minnesota Vikings teve notícias ainda piores em seu grupo de wide receivers. Adam Thielen sofreu uma contusão no tornozelo no treino desta quarta-feira (8).

Thielen, cuja recepção importante na prorrogação ajudou os Vikings a eliminarem o New Orleans Saints com uma vitória por 26 a 20 na rodada de wild card dos playoffs, foi listado como limitado no relatório de lesionados da equipe. Ele não foi visto saindo andando de campo após as atividades.

O camisa 19 não estava no relatório de lesionados na última terça e fez alongamento e atividades individuais na parte do treino desta quarta que foi aberta à imprensa. Ele também ia conversar com os jornalistas após as atividades, mas a sessão foi adiada.

Já Diggs está lidando com uma doença e o técnico Mike Zimmer não demonstrou preocupação em relação à ausência do camisa 14 no treino e como isso poderia afetar sua disponibilidade para o jogo de sábado (11) contra o San Francisco 49ers, válido pela rodada de divisão dos playoffs.

“Não, ele está doente. Ele vai ficar bem”, falou o head coach sobre Diggs.

Sobre Thielen, é a segunda lesão do wideout nesta temporada 2019. Ele machucou o músculo posterior da coxa no primeiro quarto da vitória sobre o Detroit Lions, na semana 7, e fez um breve retorno na semana 9 antes de voltar a lesionar o local no começo da derrota para o Kansas City Chiefs.

Os Vikings então mantiveram Thielen de molho por seis semanas antes de ele voltar a jogar contra o Los Angeles Chargers no dia 15 de dezembro.

Thielen teve uma grande atuação na vitória sobre os Saints no último domingo, fazendo sete recepções para 129 jardas. E isso depois dos cinco últimos jogos da temporada regular em que ele participou serem apagados para o recebedor, totalizando 109 jardas recebidas, incluindo uma partida sem uma recepção sequer na derrota por 23 a 10 para o Green Bay Packers, na semana 16.

Em outras notícias do DM dos Vikings, o time também estava nesta quarta sem o safety Jayron Kearse (dedo do pé/joelho) e o cornerback Mackensie Alexander, que passou por cirurgia para reparar uma ruptura no menisco. Já o nose tackle Linval Joseph teve seu status atualizado para participante limitado, depois de ficar de fora das atividades de terça com uma contusão no joelho.

Confira mais notícias de lesões e outras transações na NFL nesta quarta (8):

Eric Weddle não passou por uma cirurgia sequer por 13 temporadas na NFL. Essa sequência chegou ao fim. Atualmente com 35 anos de idade, o safety do Los Angeles Rams informou via Twitter que ele está se recuperando de um procedimento cirúrgico no joelho.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou que Weddle passou por uma raspagem no menisco e sua recuperação deve levar apenas algumas semanas e não meses.

A marca de 13 anos sem precisar de cirurgias é notável na NFL, ainda mais para um jogador tão envolvido em lances de grande intensidade físicas, incluindo diversas colisões. O veterano não perde um jogo como titular desde 2015, quando ainda estava no San Diego Chargers.

Agora, depois da cirurgia, Weddle precisa decidir se dará sequência à sua carreira profissional na NFL. O jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, observou que ainda não há uma decisão sobre o futuro do safety na liga, visto que o primeiro objetivo do atleta era cuidar de seu corpo antes de determinar seu próximo passo.

O veterano fechou um contrato de dois anos, com valor de US$ 10,5 milhões, com o L.A. Rams antes da temporada 2019. Ele reconheceu, contudo, que os Rams aparentemente pretendem rejuvenescer a posição de safety dando mais espaço para John Johnson e o calouro Taylor Rapp, que substituiu Johnson no fundo do campo quando ele se lesionou após seis semanas da temporada.

E Weddle já deixou claro que não pretende continuar se for para ser reserva. Neste caso, ou ele se aposentaria ou então tentaria encontrar uma nova equipe que o queira.

– O Baltimore Ravens reforçou sua linha ofensiva antes de sua estreia nos playoffs e contratou o offensive tackle veterano Andre Smith nesta quarta.

Smith, que está atualmente com 32 anos de idade, foi selecionado com a sexta escolha geral do draft de 2009 pelo Cincinnati Bengals. Ele foi titular em 98 jogos, tendo vestido as camisas dos Bengals, do Minnesota Vikings e do Arizona Cardinals.

Ele foi titular dos primeiros cinco jogos dos Bengals nesta temporada 2019 na posição de left tackle, no lugar do lesionado Cordy Glenn. Ele foi dispensado pela franquia de Ohio no dia 30 de novembro.

A linha ofensiva dos Ravens tem sido um ponto forte da equipe, ajudando o ataque que tem a melhor produção terrestre da história da NFL em uma única temporada e ainda cedendo a quinta menor quantidade de sacks (28) em toda a NFL na temporada regular.

A chegada de Smith traz experiência para um grupo liderado por nomes como o left tackle Ronnie Stanley, selecionado para o Pro Bowl, e o right tackle Orlando Brown Jr.

Para abrir espaço no elenco para a chegada de Smith, os Ravens colocaram o offensive tackle reserva Parker Ehinger (ombro) na injured reserve.

Em notícias do DM dos Ravens, o running back Mark Ingram (panturrilha) perdeu o segundo dia consecutivo de treinos, enquanto que o tight end Mark Andrews treinou de forma limitada devido a uma lesão no tornozelo.

– No Kansas City Chiefs, o tight end Travis Kelce treinou de maneira limitada nesta quarta por causa de uma lesão no joelho.

– No Houston Texans, o wide receiver Will Fuller treinou de maneira limitada, enquanto ele tenta voltar de uma lesão na virilha. O cornerback Johnathan Joseph (músculo posterior da coxa), o wide receiver Kenny Stills (joelho) e o defensive end J.J. Watt (ombro) também treinaram de forma limitada.

– O Seattle Seahawks confirmou que o defensive end Jadeveon Clowney (músculo central) treinou de forma limitada. Durante sua coletiva, o técnico Pete Carroll observou que está otimista em relação às chances de Clowney superar a dor e jogar, assim como ele fez no último final de semana contra o Philadelphia Eagles. O também defensive end Ezekiel Ansah (pescoço) também foi listado como participante limitado.

Os Seahawks também fizeram movimentações no elenco, promovendo o offensive tackle Chad Wheeler do elenco de treinamento (practice squad) e colocando o linebacker Mychal Kendricks (ruptura no ligamento cruzado anterior) na injured reserve.

– No Tennessee Titans, o wide receiver Kalif Raymond passou pelo protocolo de concussão antes do jogo de sábado contra o Baltimore Ravens, válido pela rodada de divisão dos playoffs da Conferência Americana (AFC).

– No Green Bay Packers, o offensive tackle Bryan Bulaga, que está no protocolo de concussão, treinou normalmente nesta quarta. O defensive tackle Kenny Clark ficou de fora dos treinos com uma lesão nas costas. O linebacker Preston Smith (tornozelo), o offensive lineman Billy Turner (tornozelo) e o fullback Danny Vitale (joelho) treinaram de forma limitada.

– O linebacker Kwon Alexander, do San Francisco 49ers, está cada vez mais perto de voltar. Ele sofreu uma lesão no músculo peitoral dias depois de J.J. Watt, pass rusher do Houston Texans, que voltou aos campos no último final de semana. E Alexander espera seguir os passos do colega de posição.

Alexander retornou aos treinos na semana passada e foi liberado pela equipe médica. O técnico Kyle Shanahan disse que o linebacker treinaria de forma limitada nesta quarta.

E, agora, Alexander espera conseguir entrar em campo no sábado para enfrentar o Minnesota Vikings, na rodada de divisão dos playoffs da Conferência Nacional (NFC). Mas depende da comissão técnica definir o quanto o defensor poderá estar em campo.

“Me disseram há muito tempo que talvez houvesse uma chance remota de ele jogar na final de conferência. Kwon tem tentado voltar, tentando provar que estávamos errados… Agora é uma decisão da equipe técnica”, frisou Shanahan.

Ainda não é nenhuma garantia que Alexander possa entrar em campo neste final de semana, mesmo que seja liberado pelos médicos.

Comments
To Top