NFL

Aaron Rodgers vai atuar mesmo com dores; veja boletim de lesões

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

(Crédito: Instagram/reprodução)

O quarterback Aaron Rodgers, do Green Bay Packers, lesionou o músculo da panturrilha direita na vitória sobre o Seattle Seahawks, no domingo passado, mas o problema não deve afetá-lo para a partida deste final de semana contra o arquirrival Chicago Bears. Apesar de prever que ele pode atuar bem, o camisa 12 admite que terá que lidar com o desconforto.

“Terá a ver com a administração da dor no domingo, mas a coisa boa é que eu estarei lá. Eu estarei lá e estarei pronto”, falou o signal caller.

Rodgers não treinou nesta quarta-feira (14), sendo essa a primeira vez que ele não participa de uma atividade por completo nesta temporada. Nas últimas duas semanas, devido a uma contusão no músculo posterior da coxa esquerda sofrida no dia 28 de novembro, o QB treinou de maneira limitada, mas participou dos treinos ao menos um pouco. Já nesta quarta, ele apareceu no relatório de lesões como não participante completo.

“Eu lidei com muitas lesões ao longo dos anos, e você simplesmente aprende sobre administrar as dores e como se manter na melhor forma para atuar no domingo, e então atuar com dores. Obviamente, eu me machuquei na terceira jogada do jogo (contra os Seahawks) e tive que superar uma dor muito difícil que me incomodava às vezes e me limitava em algumas das coisas em que sou bom, como me mover dentro do pocket ou para fora do pocket”, frisou Rodgers.

Aaron Rodgers sofreu uma distensão no músculo da panturrilha da outra perna em 2014, mas também não perdeu partidas como titular.

Nesta quarta, o técnico Mike McCarthy inclusive revelou que o quarterback pediu para ele não limitar nada no plano de jogo desta semana por causa da lesão na panturrilha.

O comandante da franquia de Wisconsin revelou que Rodgers pode voltar a não treinar na quinta-feira e, como os Packers não costumam treinar às sextas em uma semana normal, a única outra chance que o camisa 12 teria de se preparar antes do jogo seria durante o treino mais curto feito no sábado.

“Isso te dá mais tempo para assistir aos vídeos, porque você está lá fazendo reabilitação nas suas extremidades inferiores. Na semana passada com o músculo posterior da coxa e nesta semana com a panturrilha, você ganha um pouco mais de tempo para ver os vídeos de jogo. Então você utiliza o seu tempo o mais sabiamente possível, mas eu ainda estou muito aqui de qualquer maneira”, frisou Rodgers.

Confira outras notícias de lesões desta quarta (14):

– Matt Forte: o running back do New York Jets afirmou que uma ressonância magnética realizada em seu joelho direito mostrou uma ruptura no menisco, mas o atleta acredita que estava com o problema durante toda a temporada e, assim, ele pretende atuar na noite de sábado contra o Miami Dolphins.

Forte disse que espera não precisar passar por cirurgia na offseason, porque ele não estava sentindo dores até o último domingo. O running back revelou que sofreu uma hiperextensão no local no começo da vitória do time sobre o San Francisco 49ers e, assim, ele acabou atuando apenas nas duas primeiras campanhas ofensivas dos Jets.

“Isso não estava me incomodando, então o que eu acho que aconteceu é que eu agravei isso no domingo, isso inchou e todas essas coisas. Eu estou trabalhando na sala de musculação. O inchaço está diminuindo, então me sinto bem melhor”, falou Forte ao ‘ESPN.com’.

Matt Forte não treinou nesta quarta e sua disponibilidade será definida no sábado, antes do jogo, como afirmou o técnico Todd Bowles.

– Andrew Luck: o quarterback do Indianapolis Colts não treinou nesta quarta devido a uma lesão no ombro direito e no cotovelo e o técnico Chuck Pagano não garantiu que o signal caller vá atuar contra o Minnesota Vikings neste final de semana.

“(Luck) tomou muita pancada (contra os Texans). Deve ficar bem. Vamos esperar até (os médicos) e os preparadores passarem pelo processo de reabilitação”, falou Pagano.

Luck tomou 13 pancadas no total contra o Houston Texans.

– Donte Moncrief: o wide receiver dos Colts, que está com problema no músculo posterior da coxa, ficou afastado do treino.

– Julio Jones: o wide receiver do Atlanta Falcons parece estar com uma entorse no dedo do pé em vez de um problema ligamentar no local, como afirmou o técnico Dan Quinn nesta quarta.

“Julio tem uma entorse no dedo e não um turf toe. Mas ele está com uma entorse. Vamos analisar isso dia a dia”, falou o head coach em entrevista à rádio ‘92.9 The Game’, de Atlanta.

– Mohamed Sanu: o wide receiver dos Falcons, que está com lesão na virilha, treinou nesta quarta.

– Melvin Gordon: o running back do San Diego Chargers, que está com uma lesão no quadril e uma no joelho esquerdo esquerdo, não deve atuar no domingo contra o Oakland Raiders, mas ainda há uma chance de ele voltar ainda nesta temporada, segundo Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

– Brandon Flowers: o cornerback dos Chargers foi colocado na injured reserve devido a uma concussão e não vai jogar mais nesta temporada.

– Adrian Peterson: o running back do Minnesota Vikings foi designado para retornar da injured reserve nesta quarta e foi liberado para treinar, o que é um passo grande em sua recuperação de ruptura no menisco sofrida em setembro. Peterson afirmou recentemente que pretende voltar aos gramados no dia 24 de dezembro para enfrentar o Green Bay Packers, mas ressaltou que teria uma melhor ideia sobre o retorno assim que voltasse a treinar e sentisse sua condição física.

O técnico Mike Zimmer afirmou que Peterson vai participar normalmente dos treinos desta semana, mas não garantiu que Peterson tenha chances de atuar já neste final de semana contra o Indianapolis Colts.

– Mais Minnesota Vikings: o safety Harrison Smith (tornozelo) retorne da contusão nesta semana. O quarterback Sam Bradford (ombro) treinou de maneira limitada nesta quarta.

– Matthew Stafford: o quarterback do Detroit Lions falou com a imprensa nesta quarta sobre seu dedo médio deslocado e ele próprio afirmou que não deve mudar nada no planejamento de jogo para o domingo contra o New York Giants. Segundo Stafford, o dedo médio direito, que está enfaixado, parece o mesmo e ele continua a receber tratamento no local.

– DeAndre Levy: o linebacker dos Lions, que está se recuperando de problema no joelho, treinou normalmente.

– Brandon Brooks: o right guard titular do Philadelphia Eagles revelou nesta quarta que foi diagnosticado recentemente com ansiedade. Brooks perdeu dois dos últimos três jogos da equipe devido ao problema.

“O que eu quero dizer com condição de ansiedade não é nervosismo ou medo do jogo. Eu tenho uma obsessão como o jogo. É uma obsessão doentia agora e estou trabalhando com os médicos da equipe e essas coisas para resolver tudo e estou recebendo a ajuda de que precisava”, falou, depois do treinamento desta quarta.

Brooks afirmou que procurou ajuda depois que percebeu que “não poderia derrotá-la sozinho”.

– Mais Philadelphia Eagles: o offensive lineman Allen Barbre (músculo posterior da coxa), o wide receiver Jordan Matthews (tornozelo), o running back Darren Sproles (protocolo de concussão) e o offensive lineman Halapoulivaati Vaitai (joelho) não treinaram.

– Sammy Watkins: o wide receiver do Buffalo Bills, que está lidando com um problema persistente no pé, não treinou com o time nesta quarta, já que a equipe está adotando a cautela com o recebedor.

– Mais Buffalo Bills: o tight end Charles Clay (joelho), o offensive lineman Cordy Glenn (costas), o defensive tackle Kyle Williams (costas) e o linebacker Lerentee McCray (concussão) também não participaram dos treinamentos.

– A.J. Green: o wide receiver do Cincinnati Bengals, que segue se recuperando de problema no músculo posterior da coxa, voltou aos treinos.

– New York Giants: o running back Shane Vereen (concussão) treinou nesta quarta, assim como o safety Nat Berhe (concussão) e o linebacker Mark Herzlich (concussão).

– Dallas Cowboys: o offensive tackle Tyron Smith (costas), o guard Ron Leary (costas) e o defensive lineman Cedrid Thornton (tornozelo) não treinaram.

– DeAngelo Williams: o running back do Pittsburgh Steelers, que está se recuperando de lesão no joelho, treinou normalmente.

– Robert Quinn: o defensive end do Los Angeles Rams, que está se recuperando de concussão, não treinou nesta quarta e foi listado como ‘dúvida’ para o jogo desta quinta-feira à noite contra o Seattle Seahawks.

Comments
To Top