NFL

Aaron Rodgers sobre campanha final: “senti que nós íamos pontuar”

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Muitos vão se lembrar para sempre do final do jogo entre Dallas Cowboys e Green Bay Packers, um dos mais épicos da história da NFL que tivemos o prazer de presenciar. E a vitória por 34 a 31 dos Packers, com um field goal decisivo de Mason Crosby, não teria se concretizado sem a conexão de Aaron Rodgers com Jared Cook.

Na reta final do duelo, o passe do quarterback para o tight end, de 36 jardas, com a recepção sendo feita a centímetros da lateral do campo, é uma jogada que serviu para acrescentar ainda mais argumentos para qualificar Rodgers como um dos melhores de todos os tempos.

O camisa 12 saiu do pocket, correu para a esquerda, esperou que Cook ficasse livre e então o tight end fez uma recepção colocando as pontas dos pés dentro de campo para completar a jogada, com menos de cinco segundos no relógio do jogo válido pela rodada de divisão dos playoffs da Conferência Nacional (NFC).

“É apenas uma espécie de pátio de escola às vezes, no final de um jogo como esse”, falou Aaron Rodgers em sua entrevista para a ‘Fox’, logo depois da vitória.

E mesmo em meio à adrenalina do final de partida, quem estava dentro do huddle do Green Bay Packers sentiu a tranquilidade necessária para decidir.

“Nós temos um bom repertório de jogadas para o final do jogo, sejam as tão faladas Hail Marys ou outras jogadas que fizemos ao longo dos anos. Nós escolhemos essa e executamos bem na parte mais importante do jogo”, frisou o líder de ataque da franquia de Wisconsin.

A última campanha ofensiva dos Packers começou com 35s restantes, logo depois que o kicker Dan Bailey, do Dallas Cowboys, converteu seu field goal de 52 jardas para empatar o jogo em 31 a 31. E a confiança do ataque visitante estava grande.

“Eu estava pensando sobre a última campanha – apenas pensando em minha respiração e tentando estabilizar isso. Eu me senti bem. Me senti muito calmo e estava muito positivo no huddle. Senti que nós íamos caminhar e pontuar”, relembrou.

A recepção de 36 jardas feita por Cook saiu em uma situação de terceira descida para 20 jardas da linha de 32 jardas do campo dos Packers. E o camisa 89 fez milagre para conseguir colocar os pés no campo. A jogada até chegou a ser revista pela arbitragem no replay e foi mantida.

“Aaron chamou a jogada, cara, (e) eu apenas trabalhei com ela. Ele colocou bem na lateral com espaço suficiente para que eu pudesse colocar os meus pés. Foi um baita de um lançamento com ele indo para a esquerda”, frisou Cook.

O lance também rendeu elogios do técnico Mike McCarthy.

“Obviamente, fomos para a direita na jogada anterior, e então voltamos para a esquerda dele. Apenas uma grande chamada e ajuste de Aaron – e a execução do lançamento e a recepção foram simplesmente excelentes”, falou o head coach.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top