NFL

Aaron Rodgers não precisará passar por cirurgia no joelho esquerdo

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Aaron Rodgers não deve ter problemas para participar normalmente do programa de treinamentos de offseason do Green Bay Packers, que vai começar até mais cedo do que o usual neste ano. O quarterback não vai precisar passar por cirurgia em seu joelho esquerdo.

Rodgers só revelou que a lesão sofrida na abertura da temporada 2018 contra o Chicago Bears foi uma entorse. Ele usou uma braçadeira no joelho até o jogo do dia 4 de novembro contra o New England Patriots.

Atualmente com 35 anos de idade, Rodgers deu a entender durante a temporada que um procedimento cirúrgico poderia ser necessário na offseason. Entretanto, como ele sofreu uma concussão no último jogo da temporada contra o Detroit Lions, ele foi liberado de atender a imprensa e também não falou com os jornalistas no dia seguinte, quando os jogadores limpam seus armários no vestiário.

Assim, o camisa 12 não foi questionado se uma cirurgia era necessária. Mas, durante sua aparição em Atlanta neste final de semana antes do Super Bowl LIII, o astro dos Packers abordou o assunto.

“Eu me sinto bem. Meu corpo se sente bem. Em vez de passar por cirurgia depois da temporada, decidi passar por uma rotina diferente com meu joelho do que eu fazia no passado e estou me sentindo muito, muito bem. Tive uma concussão no último jogo, mas isso está limpo. Estou me sentindo realmente bem. Estou voltando à minha rotina de exercícios, mas o primeiro mês da offseason é muito relacionado à ioga e viagens”, disse Rodgers à ‘NFL Network’.

Rodgers não deu detalhes sobre essa “rotina” que ele mencionou.

O quarterback de Green Bay passou por cirurgia no mesmo joelho depois da temporada 2015. O procedimento foi descrito como uma “limpeza de uma lesão antiga”. Esse é o mesmo joelho no qual Rodgers passou por uma reconstrução do ligamento cruzado anterior durante seus tempos de Universidade da Califórnia, após uma lesão sofrida quando jogava basquete no high school.

“É a perna principal, a perna de apoio, não é a braçadeira ou a parte de trás da outra perna, que eu não tive, felizmente, uma grande lesão no joelho direito, mas eu tenho lidado com a contusão no joelho esquerdo desde que tenho 16 anos de idade”, afirmou Rodgers em setembro, pouco depois da estreia na temporada. “Felizmente, o médico me liberou há alguns anos depois da temporada e tem estado excelente desde então”, completou.

Os Packers podem começar o seu programa de treinos de offseason no dia 1º de abril, duas semanas mais cedo do que o normal, porque o time está com um novo head coach. Matt LaFleur foi contratado no começo de janeiro.

Times que não mudaram de head coaches não podem começar suas atividades antes do dia 15 de abril.

Rodgers não foi questionado diretamente sobre LaFleur, mas reconheceu que tem havido “muitas mudanças”.

“É difícil no começo. Mas geralmente funciona para melhor, então estou animado com o que está rolando em Green Bay e o futuro por lá”, finalizou o QB na entrevista à ‘NFL Network’.

Comments
To Top