NFL

Aaron Rodgers está preocupado com chance de lesão no joelho esquerdo piorar

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Aaron Rodgers, astro do Green Bay Packers, anda jogando com uma lesão no joelho esquerdo e a esperança do jogador é que o problema vá melhorando ao longo da temporada 2018 da National Football League. Mas a preocupação real é que a contusão piore ao longo do campeonato.

“Sim, obviamente essa é uma preocupação. Espero que seja o caminho inverso”, declarou o camisa 12 nesta quarta-feira (19).

Rodgers atuou durante todo o empate por 29 a 29 contra o Minnesota Vikings, no último domingo, jogando com uma grande braçadeira em seu joelho esquerdo. Ele lesionou o local durante a vitória sobre o Chicago Bears, no Sunday Night Football da semana 1.

O QB admitiu que seu joelho “obviamente não estará 100 por cento, então eu vou me ajustar de acordo a como estiver me sentindo e tentar superar”.

“Apenas depende de como a semana vai em termos da reabilitação e da recuperação. Obviamente, eu amaria estar melhor do que na semana passada em relação à saúde, mas há alguns fatores que estão fora do meu controle”, afirmou o signal caller.

Pelo tom das declarações de Rodgers, é provável que o quarterback tenha mais uma semana com tempo de treinamento bem limitado.

Na semana passada, o camisa 12 não treinou até sábado, participando da sessão de uma hora que o técnico Mike McCarthy tipicamente realiza nas vésperas de jogo.

É bom ressaltar que McCarthy alterou seu cronograma normal de treinos nesta semana, antes do jogo contra o Washington Redskins, neste domingo (23), mas não necessariamente por causa da lesão de Rodgers. Os Packers tiveram um jogo com prorrogação contra os Vikings em alta temperatura e com 71% de umidade no ar. Isso depois de abrir a temporada em um SNF contra os Bears.

Ainda que não tenham treinado, os Packers foram obrigados a enviar um relatório de lesão com estimativas de nível de participação. E Rodgers foi listado como não participante.

“Eu acho que é óbvio que saímos de um Sunday Night, jogamos uma partida com prorrogação em um calor incomum para esta parte do país, então apenas estamos confiando em nossos números. É por isso que estamos fazendo o que estamos fazendo”, explicou o head coach.

Rodgers observou que o tempo quente do jogo de domingo ajudou seu joelho a melhorar conforme o jogo seguiu.

“O calor e a adrenalina ajudaram, mas vai ser algo com o qual você terá que lidar por um tempo. Levar semana a semana. Não parece que há um grande contratempo neste momento, então apenas temos que ser inteligentes com isso e tentar se preparar para jogar no domingo”, analisou.

No duelo contra os Vikings, Rodgers acertou 30 passes de 42 para 281 jardas e um touchdown, não sofrendo nenhuma interceptação.

A outra preocupação relacionada às lesões nos Packers diz respeito ao cornerback Kevin King, que saiu do jogo contra os Vikings com um problema na virilha.

Comments
To Top