NFL

Aaron Rodgers é liberado pelos médicos para voltar a jogar pelo Green Bay Packers

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Em uma ótima notícia divulgada na madrugada desta quarta-feira (13), o quarterback Aaron Rodgers confirmou que foi liberado pelos médicos para voltar a jogar.

O astro do Green Bay Packers divulgou a novidade em seu Instagram oficial.

“Tem sido um longo caminho desde aquele dia até hoje, mas estou feliz por dizer que fui clinicamente liberado para retornar. Obrigado por todo o amor, apoio, orações e bons desejos ao longo das últimas oito semanas e um grande agradecimento ao Dr. McKenzie e à nossa incrível comissão técnica #riseagain”, escreveu o camisa 12 na rede social.

Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, o signal caller voltará a ser titular neste domingo (17), em duelo contra o Carolina Panthers.

Rodgers estava afastado desde a semana 6, quando fraturou a clavícula durante uma derrota para o Minnesota Vikings, e voltou às atividades recentemente depois de ir para a injured reserve.

Na última segunda (11), o técnico Mike McCarthy disse que Rodgers passou por testes para saber o quanto sua clavícula direita estava curada.

“Está agora na fase de avaliação. O Dr. McKenzie está revisando. Há uma série de opiniões médicas que estarão envolvidas na decisão, então, neste momento, não tenho uma decisão limpa para vocês ou uma atualização. É aí que está”, falou o head coach na noite da última segunda.

O jogo contra os Panthers, neste final de semana, é o primeiro em que Rodgers está elegível para voltar, segundo as regras da injured reserve.

O signal caller fraturou a clavícula no dia 15 de outubro, quando o linebacker Anthony Barr, dos Vikings, deu uma pancada no QB dos Packers e caiu em cima de Rodgers, depois de uma jogada de passe.

Rodgers então passou por um procedimento cirúrgico no dia 19 de outubro, na Califórnia, onde teve parafusos e placas inseridas em sua clavícula direita. Ele foi então colocado na injured reserve no dia seguinte, assegurando que ele teria que ficar fora dos próximos oito jogos do time.

Ele voltou a treinar no dia 2 de dezembro, mesmo dia em que completou 34 anos de idade.

O astro da franquia de Wisconsin surpreendeu treinadores e companheiros de equipe durante o processo de reabilitação. O linebacker Clay Matthews chegou até a sugerir que os Packers não deveriam ter colocado Rodgers na injured reserve.

Antes de sofrer a contusão, Rodgers estava jogando muito bem como de praxe. Após seis jogos, ele estava liderando a NFL em passes para touchdown, com 13, e sofreu apenas três interceptações nesta temporada. Ele foi o grande responsável por um início de campeonato com 4-1 nas cinco primeiras semanas.

Os Packers então perderam para os Vikings quando Brett Hundley assumiu o comando do ataque após a lesão de Rodgers, mas Hundley venceu três dos sete jogos seguintes do time para manter Green Bay vivo na briga por uma vaga nos playoffs. A equipe está atualmente com campanha 7-6 e sonha com uma vaga como wild card na Conferência Nacional (NFC).

Se vencer os três jogos finais da temporada, contra Panthers, Vikings e Detroit Lions, os Packers têm alguma chance de avançarem à pós-temporada.

“Meu pensamento número 1 ao entrar era manter nossas esperanças vivas para ir aos playoffs e ainda estamos na briga”, falou Hundley.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top