NFL

Aaron Rodgers brilha, Packers vencem Lions e conquistam NFC North

Aaron Rodgers Packers

Crédito: Instagram/reprodução

Detroit Lions (9-7) 24 x 31 Green Bay Packers (10-6)

– Fator de desequilíbrio: Aaron Rodgers foi melhor que Matthew Stafford, mas o ataque terrestre dos Packers também se destacou, com 157 jardas contra 76 dos Lions

– Destaque Quinto Quarto do jogo:  mesmo com o destacado acima, o camisa 12 de Green Bay realmente é de outro mundo. Foram 300 jardas e 4 passes para TD no duelo mais importante da temporada até agora do time

– Análise geral dos Lions: os Lions não conseguiram segurar o ataque dos Packers, perdendo a chance de ganhar a divisão e garantir pelo menos um mando de campo nos playoffs

– Análise geral dos Packers: é um esporte coletivo o futebol americano, mas ter um quarterback muito acima da média é meio caminho andado. E com o ataque terrestre funcionando, a defesa tem que ser muito incompetente para fazer a equipe perder o jogo. E não foi isso que aconteceu neste Sunday Night Football

– Resumo da partida

Lions e Packers entraram em campo no Ford Field aliviados com a derrota do Washington Redskins, evitando assim um duelo de vida ou morte, já que o vencedor ganharia a NFC North e o perdedor ficaria fora até dos playoffs caso o time de Washington tivesse vencido. Mas isso não quer dizer que o jogo não importava: o campeão da divisão recebe pelo menos o primeiro jogo dos playoffs, enquanto o segundo wild card não atuará em casa nos playoffs independente do rival.

Os Lions terminaram o jogo sendo explosivos no ataque, com Matthew Stafford achando Anquan Boldin para um TD de 35 jardas faltando 13 segundos. Só que dessa vez o placar tinha duas posses de bola de diferença e o onside kick foi recuperado pelos Packers. A diferença foi criada porque Aaron Rodgers simplesmente destruiu no segundo tempo, especialmente quando achou Geronimo Allison, depois de ser muito bem protegido, e esperar o momento certo para achar seu recebedor em um TD incrível no último quarto.

Os Lions tiveram chances para vencer o jogo e no fim do terceiro quarto o placar mostrava uma desvantagem de apenas três pontos. Matthew Stafford acertou 26 de 41 passes para 347 jardas, mas em um momento crítico no quarto período, e com duas posses de bola atrás no marcador, o camisa 9 foi interceptado na end zone, basicamente acabando com as chances de vitória de seu time, que nem o TD de Boldin devolveram com força.

Além de Allison, Davante Adams (2x) e Adam Ripkowski receberam passes de Rodgers para TD e o quarterback ainda correu para 42 jardas, assumindo a promessa que fez de ganhar todos os jogos (sexta vitória seguida) que restavam depois de perder quatro consecutivas com uma resolução impressionante.

Agora os Lions vão ter que viajar até Seattle para encarar a encardida defesa dos Seahawks e Russell Wilson enquanto o Green Bay Packers pega o New York Giants, carrasco da temporada 2011/12, quando o time do Wisconsin ganhou 15 partidas na temporada regular, garantiu o bye só que no primeiro jogo dos playoffs perdeu para os futuros campeões.

Veja a Hail Mary certeira para Boldin de Stafford

– Estatísticas dos principais jogadores:

Detroit Lions

– Matthew Stafford: 26/41, 347 jardas, 2 TDs e 1 INT

– Golden Tate: 6 recepções, 77 jardas e 1 TD

Green Bay Packers

– Aaron Rodgers: 27/39, 300 jardas e 4 TDs

– Geronimo Allison: 4 recepções, 91 jardas e 1 TD

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top