NFL

Aaron Rodgers afirma que está entrando na metade final de sua carreira

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

(Crédito: Twitter/reprodução)

Aaron Rodgers está entrando em sua 13ª temporada na National Football League e vai completar 34 anos de idade no dia 2 de dezembro. Porém, quem o vê jogando tem dificuldades em acreditar que ele está mais perto do final do que do início de sua carreira profissional.

Em 2016, em 16 jogos disputados na temporada regular, o quarterback titular do Green Bay Packers acertou 65,7% de seus passes para 4.428 jardas e 40 touchdowns, sofrendo apenas sete interceptações. E mesmo admitindo que já não é mais nenhum novinho, ele se sente muito bem.

“Eu acho que estou na metade final da minha carreira. Mas acho que estou apenas entrando nesta reta final. Este será o meu décimo ano como titular, eu tive que ser reserva por três anos. Então, eu não sou o típico profissional de 13 anos de liga, tendo a oportunidade de me sentar por três anos e não tendo o desgaste para aprender o jogo (em nível profissional)”, declarou o camisa 12 dos Packers, em entrevista na última terça-feira (11) à jornalista Alex Flanagan, da ‘NFL Network’, durante a premiação Gatorade Player of the Year.

Entrando no meio de seus 30 anos de idade, é normal que Rodgers comece a flertar com pensamentos sobre aposentadoria e pós-carreira na NFL, mesmo que isso ainda soe distante. E o astro do Green Bay Packers acredita que ele teve a chance de jogar em alto nível por muito tempo devido à sua longevidade na franquia de Wisconsin.

“Eu acho que todos nós temos números. Quando eu era um jogador jovem, eu me lembro de pensar enquanto olhava para algum dos mais velhos, que seu eu chegasse a cinco seria legal, ou oito, ou qualquer coisa depois de 10 seria incrível. Para mim, a longevidade está vinculada a ser um Green Bay Packer. Eu gostaria de terminar minha carreira em Green Bay”, observou Rodgers.

Após vencer o Super Bowl na temporada 2010, com uma vitória por 31 a 25 sobre o Pittsburgh Steelers, os Packers conseguiram se classificar aos playoffs em todos os anos desde então, mas nunca mais chegaram à decisão.

Um dos fatores para as quedas na pós-temporada foram campanhas que acabaram deixando os Packers sem a melhor condição para os playoffs, muitas vezes sem vantagem de mando de campo durante toda a fase final da Conferência Nacional (NFC). E isso devido a alguns tropeços durante a temporada regular.

Rodgers quer evitar que o time caia nessa armadilha novamente.

“Bem, nós temos que começar mais rápido. Nós não começamos bem ano passado, perdemos quatro seguidas lá no meio. Somos um time difícil de superar no final da temporada, como mostramos nos últimos anos. Mas somos realmente difíceis de se vencer em casa, especialmente nos últimos três, quatro, cinco anos”, frisou. “Temos que voltar a ter esses jogos em casa nos playoffs. Todos sentimos que se tivéssemos a campanha número 1, número 2 e fosse em Green Bay os playoffs, seria muito difícil para os outros times”, finalizou Rodgers.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2005 pelos Packers, com a 24ª escolha geral, Aaron Rodgers acertou 65,1% de seus passes para 36.827 jardas, 297 touchdowns e 72 interceptações em 142 jogos de temporadas regulares disputados em sua carreira.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top