NFL

Aaron Rodgers acredita que free agency deve interferir em seu salário; veja as manchetes da quarta-feira

Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Com Mike Glennon, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, podendo receber US$ 15 milhões por ano, Aaron Rodgers acredita que o mercado de agentes livres pode resultar em uma discussão do seu contrato.

“Eu acho que sim”, disse Rodgers ao ser perguntado se uma assinatura de contrato de Glennon, que tem 18 partidas como titular, por US$ 15 milhões anuais deveria fazer o Green Bay Packers discutir o seu contrato. “Eu acho que tem”.

Rodgers então riu e acrescentou: “eu acho que não tenho que me aprofundar nisso”.

– Vince Young, ex-quartarback da NFL, está indo para o Canadá com a esperança de assinar contrato com o Saskatchewan Roughriders, da Cadanien Football League, confirmou o agente Leigh Steinberg. Young não joga uma partida de temporada regular desde 2011.

– Pierre Garcon deverá voltar a jogar com Kyle Shanahan, só que dessa vez pelo San Francisco 49ers. Garcon não pode finalizar o acordo até o mercado de agentes livres abrir na tarde na quinta-feira, mas o contrato já está assinado.

– Rick Wagner, offensive tackle agente livre, deverá defender o Detroit Lions na próxima temporada se não houver obstáculos nas negociações finais na quinta-feira, informou Adam Schefter, da ‘ESPN’.

– Demetrius Harris, tight end do Kansas City Chiefs, foi preso, no Missouri, com acusação de porte de maconha e posse de parafernália. A franquia não irá fazer nenhum comentário imediato.

– O Miami Dolphins deverá renovar o contrato de Andre Branch. O defensive end receberá um contrato de três anos e US$ 27 milhões e os US$ 9 milhões anuais o deixam lado a lado com Cameron Wake.

– O Cincinnati Bengals irá reassinar com o wide receiver Brandon LaFell. De acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network, o contrato é de duas temporadas e temo valor de até US$ 10 milhões.

– O Jacksonville Jaguars vai fazer uma adição importante para a sua secundária. A franquia da Flórida irá assinar um contrato de quatro anos com o safety Barry Church, que receberá mais do que U$ 6 milhões por temporada.

– O San Diego Chargers deverá manter o safety Jaheel Addae, dando para ele um contrato de quarto temporadas.  Em quatro temporadas na NFL, Addae foi titular em 27 jogos.

– O Jacksonville Jaguars está em uma grande reconstrução para tentar construir uma equipe forte, contudo uma coisa não mudou para o proprietário Shad Khan. “Eu quero ser claro: eu continuo extremamente insatisfeito com o nosso desempenho no ano passado”, declarou ele antes de falar das mudanças que foram feitas.

– Depois de duas temporadas no San Francisco 49ers, o wide receiver Torrey Smith, que foi dispensado, falou sobre o que achou da franquia da Califórnia. “Os últimos anos foram terríveis profissionalmente. Não foi divertido”.

Comments
To Top