NFL

A.J. Green deve passar por cirurgia no dedo do pé e vai para a injured reserve

A.J. Green, wide receiver do Cincinnati Bengals

(Crédito: Twitter/reprodução)

O wide receiver A.J. Green, do Cincinnati Bengals, deve passar por cirurgia no pé e pode ficar afastado por até quatro meses.

A informação foi noticiada pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, e por Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Green será colocado na injured reserve depois de agravar a contusão no dedo neste último domingo.

Rapoport apurou que Green deve mesmo passar pelo procedimento cirúrgico, mas ele tem uma consulta médica marcada para estar terça para que a determinação final seja feita.

Com o prazo de reabilitação estimado caso ele passe mesmo pela operação, ele estaria pronto para o training camp do ano que vem com sobras. Ele pode até mesmo participar das OTAs (organized team activities) e do minicamp na offseason, como nota Rapoport.

Green perdeu três jogos em novembro devido à contusão e retornou nesta semana 13 depois de ser liberado. Contudo, o camisa 18 foi removido de campo durante a derrota do time para o Denver Broncos pelo placar de 24 a 10, após fazer apenas uma recepção para sete jardas.

A temporada 2018 se encerra para Green como a menos produtiva de sua carreira profissional, já que o astro sofreu com a contusão. Ele fecha o ano com 46 recepções para 694 jardas e seis touchdowns em nove jogos.

Os Bengals sofreram sem Green nesta temporada, perdendo todos os jogos em que o wideout não entrou em campo, com média de 9,3 pontos e 43,3 jardas de passe a menos em comparação aos jogos em que ele atuou.

Com campanha de 5-7 até agora, o time ainda não está matematicamente eliminado da briga por vaga nos playoffs, mas agora o time terá que lidar com as ausências de seu principal recebedor e também do quarterback titular Andy Dalton, colocado na IR na semana passada.

Agora, restam apenas John Ross, Tyler Boyd, Cody Core, Alex Erickson, Josh Malone e Auden Tate no grupo de wide receivers da franquia.

Atualmente com 30 anos de idade, o talentoso receiver terá uma offseason bem curiosa. No ano que vem, ele deve faturar US$ 15 milhões sob o último ano da extensão de contrato que ele assinou com os Bengals em 2015. Entretanto, a franquia de Ohio pode dispensar o atleta e liberar US$ 12 milhões no salary cap.

Selecionado pelo Cincinnati Bengals na primeira rodada do draft de 2011, com a quarta escolha geral, A.J. Green soma 602 recepções para 8.907 jardas e 63 touchdowns em 111 partidas de temporadas regulares em sua carreira até agora.

Comments
To Top