NFL

Jimmy Garoppolo perde dois wide receivers para lista PUP dos Pats; veja manchetes

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Julian Edelman e Danny Amendola entram para lista PUP dos Patriots: nesta segunda-feira, a franquia classificou os dois wide receivers como jogadores fisicamente inaptos para jogar, deixando Chris Hogan, Malcolm Mitchell, Keshawn Martin, Aaron Dobson e Nate Washington para desenvolverem seu relacionamento com o quarterback Jimmy Garoppolo no training camp. Com Brady suspenso pelos quatro primeiros jogos da próxima temporada regular, o entrosamento com Garoppolo fará total diferença em campo, ao menos no começo da temporada regular.

– Jalen Ramsey estará pronto para o training camp do Jacksonville Jaguars: dois meses após passar por uma cirurgia para reparar o menisco em seu joelho direito, a recuperação do cornerback novato vai muito bem, obrigado, tanto que ele deve já participar do camp do time.

– Dave Caldwell, general manager do Jacksonville Jaguars, diz que treino com Greg Hardy foi para fins de pesquisa: na última semana, o ex-defensive end do Dallas Cowboys foi participar de um treino na sede dos Jaguars, que não deve resultar em negociações de contrato. Segundo o GM da franquia, a experiência “foi para descobrir mais sobre ele”.

– Mike McCarthy, técnico do Green Bay Packers, não está preocupado com investigações de Clay Matthews e Julius Peppers: após uma reportagem da ‘Al-Jazeera America’ ligando os nomes desses atletas a drogas para melhoria de desempenho esportivo, a NFL decidiu entrevistar Clay Matthews e Julius Peppers, mas Mike McCarthy está despreocupado. “Eu não tenho nenhuma razão para me preocupar com base nas conversas que tenho participado”, disse o treinador nesta segunda-feira.

– Taylor Mays é penalizado com uma suspensão extra: já de fora do começo da temporada do Oakland Raiders, o safety da franquia recebeu uma suspensão adicional, por violar o código de substâncias permitidas pela NFL. Em março, ele já havia sido punido pelo mesmo motivo, perdendo os quatro primeiros jogos da temporada regular.

– Aaron Rodgers impressiona técnico dos Packers com seu condicionamento físico: em uma nova dieta, sem queijo, o quarterback astro do Green Bay Packers tem se esforçado para melhorar a boa forma, e parece que está dando certo. Nesta segunda-feira, o técnico Mike McCarthy se mostrou com grandes expectativas para o signal caller. “Ele está em ótima forma. Eu diria que é a melhor forma que eu já o vi”, disse McCarthy.

– Seattle Seahawks terá reunião com agente de Michael Bennett: após três temporadas na franquia, chegou a hora do defensive end negociar uma extensão de seu contrato com os Seahawks, que já estão cuidando desta parte. Segundo fontes de Josina Anderson, da ‘ESPN’ americana, Bennett quer assinar para mais dois ou três anos na franquia, por um salário que o colocaria entre os seis ou sete defensive lineman mais bem pagos da NFL.

– Stephon Gilmore diz que estará no training camp do Buffalo Bills: com a real intenção de jogar no último ano de seu contrato de novato com os Bills, o cornerback está determinado a conseguir um novo acordo com a franquia. “Estou planejando ir para o training camp. Eu sei o que eu sou. [Um novo contrato] acontecerá eventualmente”, disse Gilmore para Josina Anderson, da ‘ESPN’ americana.

– General manager do Jacksonvile Jaguars defende conduta de Denard Robinson em incidente com o carro: no começo deste mês, o running back Denard Robinson, do Jacksonville Jaguars, foi encontrado dormindo ao volante pelas autoridades enquanto seu carro estava afundando em um tanque de retenção em Jacksonville e, para Dave Caldwell, Robinson não fez nada de errado. “Denard não fez nada de errado, exceto por estar fora quando ele não deveria ter saído”, disse o general manager.

– Carolina Panthers assina com Eric Wallace, jogador de futebol australiano: nesta segunda-feira, a franquia da cidade de Charlotte assinou com Wallace por três anos, para jogar como tight end. Antes de se destacar no esporte mais popular da Austrália, Eric Wallace jogou basquete de 2007 a 2012, chegando a receber convites para dar continuidade à sua carreira no esporte. Em entrevista ao site dos Panthers, o jogador revelou que foi visitar o escritório da franquia para pedir uma vaga no time, e conseguiu.

– Após falência bancária da Sports Authority, nome do estádio dos Broncos está à venda: com falência declarada, a Sports Authority, empresa responsável decidiu vender os direitos pelo nome do estádio dos Broncos, em um contrato válido por mais cinco anos no valor de US$ 18 milhões.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Popular

To Top