NFL

Carson Wentz sai de jogo contra Seahawks com contusão na cabeça; veja boletim de lesões

Carson Wentz, quarterback do Philadelphia Eagles

O quarterback Carson Wentz, do Philadelphia Eagles, saiu durante o primeiro quarto da derrota por 17 a 9 para o Seattle Seahawks, na rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC), com uma lesão na cabeça e não retornou.

Ele foi inicialmente listado como questionável, mas no começo do terceiro quarto os Eagles atualizaram a condição do camisa 11 e o descartaram para o restante da partida. Antes da lesão, Wentz acertou apenas um passe de quatro para três jardas.

Wentz foi substituído no time titular pelo veterano Josh McCown, que disputou o primeiro jogo de pós-temporada em sua carreira de 17 anos de National Football League. Assim, ele se tornou o primeiro jogador na história da NFL a fazer sua estreia nos playoffs aos 40 anos de idade, segundo o ESPN Stats & Information.

McCown se aposentou após a temporada 2018, mas decidiu sair da aposentadoria quando os Eagles o fizeram uma proposta em agosto.

“Estou decepcionado por (Wentz), porque eu queria isso por ele, obviamente. E eu acho que muitos dos seus companheiros de equipe queriam também; e o time, a organização queriam. Ele batalhou muito. Mas vamos aprender com isso; vamos seguir em frente”, declarou o técnico Doug Pederson, após a derrota dos Eagles.

Wentz tomou uma pancada no capacete e na parte superior das costas dada pelo defensive end Jadeveon Clowney, dos Seahawks, logo na segunda posse de bola dos Eagles na partida. A força do golpe dado por Clowney levou Wentz ao chão. O QB titular dos Eagles ficou agachado por um tempo quando se levantou, mas ainda permaneceu na partida por mais uma série ofensiva.

“Eu estava apenas pressionando o quarterback. Foi uma jogada de contato. Eu não tentei machucar ninguém intencionalmente. Eu apenas jogo este esporte com muito entusiasmo e esforço. Foi apenas uma jogada bang-bang. Espero que ele esteja bem e que tudo fique certo com ele”, falou Clowney à jornalista Josina Anderson, da ‘ESPN’ norte-americana, logo após a partida que selou a classificação dos Seahawks para a rodada de divisão dos playoffs.

Wentz atuou durante toda a temporada regular pela primeira vez desde sua temporada de calouro, em 2016, tendo sofrido lesões graves aos finais das temporadas 2017 e 2018. O então reserva Nick Foles liderou os Eagles ao título do Super Bowl LII, em fevereiro de 2018. Ou seja, foi realmente a primeira partida de Wentz nos playoffs.

Também nos Eagles, o defensive end Brandon Graham lesionou o joelho na primeira metade da partida e foi listado como questionável para retornar. Entretanto, ele conseguiu voltar ao duelo no terceiro quarto.

Confira mais notícias de lesões ao redor da NFL neste domingo (5) de rodada de wild card:

– O linebacker Kwon Alexander, do San Francisco 49ers, deve fazer o seu retorno de uma lesão no músculo peitoral na estreia do time nos playoffs, no próximo sábado (11), na rodada de divisão dos playoffs da Conferência Nacional (NFC).

Alexander teve bom progresso em sua recuperação de uma ruptura no músculo peitoral sofrida no Halloween contra o Arizona Cardinals e os Niners agora acreditam que o camisa 56 tem uma boa chance de retornar para o divisional round. A informação é do jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

O retorno seria exatamente uma semana depois que J.J. Watt, defensive end do Houston Texans, retornou de uma lesão similar na vitória do seu time sobre o Buffalo Bills por 22 a 19. O próprio Alexander disse nesta última semana que Watt foi uma inspiração para ele em sua própria reabilitação.

Os 49ers não pensaram que Alexander estaria neste estágio de sua recuperação neste momento, já que as rupturas de músculo peitoral geralmente exigem vários meses de recuperação. Mas, assim como Watt, o linebacker vem superando (e muito) as expectativas.

Watt sabia e falou sobre o risco de nova lesão. Alexander está ciente do mesmo risco, mas, assim como Watt, acredita ser válido voltar para um jogo de pós-temporada.

Alexander treinou na última quinta de maneira surpreendente, nas atividades dos Niners na semana de folga. E, assim, a franquia californiana abriu a janela de 21 dias para ele ser possivelmente reativado da injured reserve.

O técnico Kyle Shanahan disse nesta última semana que Alexander está “se aproximando” de sua recuperação e acrescentou que há “definitivamente uma chance” para que o linebacker volte ao time durante os playoffs.

Colocado na injured reserve no dia 5 de novembro, Alexander é um de três titulares defensivos que devem voltar no próximo final de semana.

O San Francisco 49ers espera ter de volta o defensive end Dee Ford (quadríceps/músculo posterior da coxa) e o safety Jaquiski Tartt (costelas).

Ford, que somou 6,5 sacks em 11 jogos durante seu primeiro ano em San Francisco, perdeu os últimos três compromissos dos Niners na temporada regular. Já Tartt ficou de fora dos últimos quatro jogos do time.

– No Houston Texans, após uma vitória épica sobre o Buffalo Bills, na rodada de wild card, o time segue recebendo notícias boas. O wide receiver Will Fuller (virilha) deve estar ativo para o jogo da rodada de divisão dos playoffs da Conferência Americana (AFC) contra o Kansas City Chiefs, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Isso só não ocorrerá se houver um contratempo na reabilitação.

Fuller perdeu os últimos dois jogos de Houston, incluindo o triunfo sobre os Bills, neste sábado.

– O Seattle Seahawks rebaixou o wide receiver Jaron Brown (entorse no joelho) para fora antes do jogo deste domingo contra o Philadelphia Eagles, válido pela rodada de wild card dos playoffs da Conferência Nacional (NFC). O anúncio foi feito pela equipe de maneira oficial.

O guard Mike Iupati (pescoço) ficou entre os inativos para a partida contra os Eagles. Mas o jornalista Omar Ruiz, da ‘NFL Network’, apurou que ele deve estar pronto para a rodada de divisão dos playoffs da NFC.

E, durante a vitória sobre os Eagles por 17 a 9, o defensive end Ezekiel Ansah sofreu uma contusão no pescoço e foi descartado para o restante do confronto.

– O Minnesota Vikings listou os seguintes inativos para o duelo contra o New Orleans Saints, válido pela rodada de wild card dos dos playoffs da Conferência Nacional (NFC): o wide receiver Laquon Treadwell, o cornerback Mackensie Alexander, o defensive tackle Hercules Mata’afa, o defensive end Eddie Yarbrough, o guard Dru Samia, o offensive tackle Oli Udoh e o offensive tackle Aviante Collins. Isso significa que, como esperado, o running back Dalvin Cook está ativo. E ele retorna ao time pela primeira vez desde que saiu na semana 15 da temporada regular com uma lesão no ombro.

Durante a vitória sobre os Saints por 26 a 20, o tight end Tyler Conklin sofreu uma contusão no joelho e não retornou.

– O New Orleans Saints listou os seguintes inativos para o duelo contra o Minnesota Vikings, válido pela rodada de wild card dos dos playoffs da Conferência Nacional (NFC): o cornerback Eli Apple, o free safety D.J. Swearinger, o offensive lineman Ethan Greenidge, o fullback Zach Line, o defensive end Noah Spence, o linebacker Manti Te’o e o center Will Clapp. Apple perdeu seu segundo jogo seguido.

Durante a derrota para os Vikings por 26 a 20, o linebacker Kiko Alonso sofreu uma lesão no joelho e não voltou à partida.

Comments
To Top