NBA

Com Curry incrível, Warriors vencem com folga e abrem 2 a 0 contra Cavaliers

O Golden State Warriors mais uma vez está com 2 a 0 nas finais da NBA contra o Cleveland Cavaliers. E essa ocorrência se deve muito a uma partida incrível de Stephen Curry, que liderou os atuais campeões a uma vitória por 122 a 103.

O armador teve 33 pontos na partida – mais sete rebotes e oito assistências -, com nove bolas de três, recorde da história das finais da NBA, antes pertencente a Ray Allen. Ele nunca foi MVP das finais. Por enquanto ele é o principal candidato.

Os torcedores dos Cavaliers podem se consolar com o fato que em 2016 a série também estava 2 a 0 quando a série foi para o Ohio. Porque além disso, não há muito com o que se animar.

Mas o jogo não começou com os Warriors dominando o perímetro e sim o garrafão. Com JaVale McGee começando a partida como titular, os californianos aproveitaram que os Cavs saíram para marcar a bola longa e rodando a bola, chegaram a cestas fáceis em enterradas, bandejas e pontes aéreas. Os primeiros cinco pontuações foram dessa forma, até Klay Thompson fazer a primeira bola de três do time.

Já os visitantes começaram a partida de forma mais democrática no ataque. LeBron James, literalmente com sangue nos olhos, conseguiu envolver J.R. Smith, George Hill e Kevin Love e todos estes corresponderam. Os Warriors terminaram o período apenas quatro pontos à frente.

O problema foi na entrada dos jogadores reservas e a diferença aumentando. Kyle Korver e Jordan Clarkson, para citar apenas dois exemplos, não vieram bem do banco mais uma vez. E os Warriors continuaram a produção ofensiva com sempre alguns titulares mesmo em momentos quando reservas estavam em quadra. Uma bola de Curry no meio do segundo quarto fez a diferença chegar a 11.

E a partir daí a diferença nunca caiu. George Hill e Kevin Love conseguiram pontuar, mas os jogadores dos Cavaliers pareciam não ter resposta para Klay Thompson (8 de 13 nos arremessos) e Kevin Durant (10 de 14 nos arremessos) e Curry, que tentou mais tiros, teve menor aproveitamento, mas fez chover de três. Em uma bola específica, quando o cronômetro ia estourar, e ele, dois passos atrás do arco, jogou para cima e caiu, mostrou que dessa vez não tinha jeito mesmo.

Com 20, 26 e 33 pontos, Thompson, Durant e Curry somaram 79 pontos entre eles. O quinteto titular dos Cavs teve 81 pontos.

LeBron terminou com 29 pontos, nove rebotes e 13 assistências. Mas além dos números, deu para notar algum cansaço em certos momentos e uma marcação ainda mais focada nele em suas infiltrações para a cesta, encontrando dois e até três corpos. Ele mesmo assim achou companheiros nesse momento, mas sem dúvidas teve vida muito mais difícil em comparação com o Jogo 1.

A série agora vai para Cleveland, onde acontecem os jogos 3 e 4 na quarta e sexta-feira, ambos às 22h (de Brasília).

Comments
To Top