NBA

Tony Parker diz que deu ideia para Popovich sobre ser reserva na última temporada

Tony Parker San Antonio Spurs

Crédito: Instagram/reprodução

Tony Parker agora é jogador do Charlotte Hornets, mas é óbvio que ele sempre será lembrado com a camisa 9 do San Antonio Spurs. E em belo texto escrito para o The Players Tribune ele relembrou algumas passagens de sua carreira na franquia texana, inclusive na sua última temporada, quando deixou de ser titular.

Parker abriu o jogo sobre ir para o banco, inclusive dizendo que foi sua ideia dar mais espaço para Dejounte Murray.

“Eu fui até Pop (Gregg Popovich) um dia e disse o que pensava: estava na hora de Dejounte assumir a posição de armador titular. Eu não queria que fosse algo dramático ou relacionado a ego ou circos de mídia, mas queria que ficasse claro – era bom para o desenvolvimento de Dejounte e bom para a equipe. Pop concordou e me agradeceu. Então fui ter a mesma conversa com Dejounte e ele foi grato (pela oportunidade)”, declarou o francês.

Parker começou a temporada com uma lesão no quadríceps, mas conseguiu voltar antes da virada do ano e jogou 55 partidas na temporada regular, 21 delas como titular e 34 vindo do banco. Ele teve 7,7 pontos e 3,5 assistências por jogo nesse papel reduzido.

“Foi agridoce? Quer saber, não quer parecer um robô ou algo do tipo, mas não foi. Tem a ver com disciplina, eu acho. Foi a forma como fui criado e cresci como jogador, sempre temos que ir para a frente. Não me entenda mal, de vez em quando eu Manu (Ginobili) e Timmy (Tim Duncan) nos reunimos para jantar e quando fazemos isso é a hora da nostalgia”, disse Parker em seu artigo.

O texto ainda fala como Duncan foi a pedra fundamental da cultura que os Spurs criaram, já que ele não só trabalhava duro como não tinha estrelismos ou tratamento privilegiado perante Popovich.

Parker deve ter um papel similar ao que teve em 2018/19, vindo do banco ou então jogando menos minutos que Kemba Walker, o principal jogador dos Hornets. O contrato é de dois anos.

Comments
To Top