NBA

Tatum desequilibra, Celtics sobem a defesa e ficam a uma vitória das finais

As finais da Conferência Leste continuam sendo as finais dos mandantes pisando nos visitantes. De volta ao TD Garden, o Boston Celtics subiu a defesa, anulou basicamente todo mundo tirando LeBron James e venceu por 96 a 83. Com a série em 3 a 2, o maior campeão da NBA, com 17 títulos, só precisa de mais uma vitória para chegar à sua 22ª final da NBA.

Escute o Quinto Quarto Expresso #136, gravado nesta quarta-feira e com os palpites para o que vai rolar nas finais de conferência

E o destaque ofensivo da partida desta quarta-feira foi o calouro Jayson Tatum. Com 24 pontos e sete rebotes, ele liderou um esforço ofensivo que mais uma vez teve vários atletas com duplo-dígito. E ele se tornou o jogador mais novo na história da NBA a fazer pelo menos 20 pontos em uma final de conferência: 20 anos e 81 dias.

Al Horford com 15 pontos e 12 rebotes subiu de nível em relação a suas apresentações em Cleveland. O mesmo pode ser dito de Marcus Smart, que teve 13 pontos e 3 bolas de três.

Jaylen Brown com 17 pontos até somou unidades, mas não teve bom aproveitamento, acertando apenas quatro de seus 15 arremessos. Terry Rozier também ficou abaixo, com apenas oito pontos e 20% de aproveitamento (3 de 15).

 

Só que o que não dá para negar foi a vontade com que o jovem time saiu do vestiário do TD Garden. No primeiro quarto a equipe teve 32 pontos contra apenas 19 dos Cavaliers, que só não foi menos porque Kevin Love e LeBron James estavam fazendo sua parte. O problema é que Love caiu e LeBron várias vezes foi pego ofegante, já que mais uma vez teve que fazer tudo para seu time.

LeBron teve 26 pontos (11 de 22) e 10 rebotes em um mar de incompetência. Tristan Thompson, George Hill e J.R. Smith somaram 10 pontos e 2 de 15 nos arremessos de quadra. Jordan Clarkson até veio bem do banco em seus minutos iniciais, acertando duas bolas de três, mas isso deu a prerrogativa para ele tentar mais. Resultado: 10 arremessos em 15 minutos, apenas três certos.

Claro que não é só incompetência dos Cavs e sim mérito dos Celtics por terem brigado por cada bola e feito as trocas corretamente, forçando 15 turnovers dos adversários.

Assim a 10ª vitória em 10 jogos nos playoffs veio de forma até confortável, com a torcida aplaudindo cada esforço no último quarto enquanto os visitantes se afundavam. Os Cavs vão precisar pelo menos prolongar a miséria do time de Boston fora de seus domínios, onde só venceu uma vez nesta pós-temporada. Porque se não fizer isso na sexta-feira, dá adeus à possibilidade de disputar a quarta final seguida.

Comments
To Top