NBA

Russell Westbrook assina extensão de cinco anos com Oklahoma City Thunder

Russell Westbrook, armador do Oklahoma City Thunder

(Crédito: Instagram/reprodução)

O astro Russell Westbrook, atual MVP da NBA, assinou uma extensão de contrato de cinco anos, com valor de US$ 205 milhões, com o Oklahoma City Chiefs. A informação foi confirmada pelo jornalista Adrian Wojnarowski, da ‘ESPN’ norte-americana.

O acordo começa com a temporada 2018-19 e deixa o armador com o maior contrato garantido da história da NBA: seis temporadas e US$ 233 milhões.

O camisa 0 agora tem vínculo com o Thunder até a temporada 2022-23 da National Basketball Association.

Thad Foucher, do Wasserman Media Group, que é agente do jogador, e o general manager Sam Presti acertaram o novo contrato na tarde desta sexta, segundo fontes ligadas à NBA.

“Nós somos extremamente afortunados por ter um atleta, competidor e pessoa como Russell usando o uniforme do Thunder. Tê-lo cimentando seu legado como um líder enquanto entramos em nossa 10ª temporada em Oklahoma City é extraordinário. Eu sou extremamente grato a Russell, à família dele e aos nossos proprietários pelo compromisso e apoio que eles demonstraram ao apoiar nossa visão para o Thunder”, disse Presti em nota.

Em comunicado, Westbrook disse que não há lugar que prefere estar mais do que Oklahoma City e que ele estava “tão honrado” por continuar sua carreira com OKC.

Westbrook assinou a Extensão do Jogador Veterano Designado. Esse tipo de extensão permitiu que o atleta fechasse um contrato que representa 35% do teto salarial do time e de cinco temporadas adicionais. A estrela vai faturar US$ 233 milhões, que inclui US$ 205 milhões da nova extensão e US$ 28 milhões de salário-base na temporada 2017-18.

O salário referente à temporada 2018-19, o primeiro ano da extensão, será de US$ 35,3 milhões.

Na temporada regular 2016-17, em 81 jogos como titular, Westbrook teve médias de 31,6 pontos, 10,7 rebotes e 10,4 assistências por partida. Uma média incrível de triple-double.

Nos playoffs desta última temporada, quando OKC caiu na primeira rodada da Conferência Oeste, o astro teve médias de 37,4 pontos, 11,6 rebotes, 10,8 assistências e 2,4 roubadas de bola nos cinco jogos contra o Houston Rockets.

Selecionado com a quarta escolha geral do draft de 2008, o armador de 28 anos de idade teve médias de 22,7 pontos, 6,2 rebotes, 7,9 assistências e 1,7 roubadas de bola em 668 jogos de temporadas regulares na carreira.

A extensão com Westbrook permite que OKC tenha um time bastante competitivo o futuro próximo e continue a ser uma das potências da Conferência Oeste da NBA. A renovação do armador também vai dar uma chance maior de a equipe tentar manter o recém-contratado Paul George, que vai se tornar um agente livre irrestrito em julho do ano que vem.

Russell, que também foi duas vezes MVP do All-Star Game, é um dos jogadores mais famosos da NBA na atualidade e dono de um talento incrível dentro das quadras. Ele também demonstrou grande fidelidade à franquia que o draftou.

Logo depois da saída do astro Kevin Durant para o Golden State Warriors, em julho de 2016, Westbrook concordou em renegociar seu contrato e estender o vínculo até a temporada 2018-19, com uma opção para o jogador no ano final.

Assim, mesmo após o duro golpe de perder Durant, OKC teve capacidade de continuar as negociações com o Indiana Pacers e com o New York Knicks para adquirir os alas Paul George e Carmelo Anthony por meio de trocas.

Comments
To Top