NBA

Ray Allen diz ter sido enganado por homem que se passava por mulher

Ray Allen nunca mais vai entrar no Tinder pelo jeito. O recordista de bolas de três da história da NBA teve que se explicar em tribunal sobre uma suposta perseguição (stalking) a Bryant Coleman. O acusador disse que o ex-jogador estava seguindo ele e apresentou uma queixa.

Allen pediu para que o tribunal não seguisse com o caso e explicou sua visão do ocorrido. Segundo ele, Coleman fingiu ser várias mulheres e puxou conversa, virtuais, com o ex-atleta.

Segundo o comunicado do time de advogados, o objetivo era envergonhar Allen e extrair dinheiro, ameaçando envolver a família dele e também expor as conversas privadas. Os dois lados chegaram a negociar para abafar o caso, mas Coleman seguiu com as ameaças, inclusive frequentando o restaurante de Allen e sua esposa na cidade de Orlando.

“Ray se arrepende de ter se relacionado online com essa pessoa e valoriza o fato de nunca ter conhecido pessoalmente. Essa experiência impactou Ray de forma negativa e ele espera que outros aprendam com seu erro para aprender os perigos de se comunicar de forma online com estranhos”, disse o advogado do ex-jogador.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top