NBA

Quinta Descida: calma e jogo de equipe dos Spurs

O San Antonio Spurs é um time engraçado. No começo da década de 2010, muitos davam o time como velho, ultrapassado, mas ninguém se ligava que desde 1999, a equipe sempre alcançava a marca de 50 vitórias na temporada, e consequentemente uma vaga nos playoffs. Ai em 2013 chegam na final da NBA, perdem. No ano seguinte, conseguem o título, e muito taxavam como o último suspiro da fase mais vitoriosa da franquia. O início ruim de 2015 só corroborou para esse pensamento.

Porém perto do fim da temporada regular, o time atingiu, pelo décimo-sexto anos consecutivo, suas 50 vitórias na temporada, e mais importante, voltou a jogar no nível do basquetebol que lhe trouxe o título da NBA.

Um jogo chave para a mostra do “retorno” da equipe, foi uma vitória dominante contra o Golden State Warriors, melhor time da atual temporada. O time de Steph Curry vinha atropelando a todos na atual temporada, chegaram no Alamo, e bem… descobriram que devem respeitar os mais velhos.

Uma jogada chave para entender a partida foi um contra-ataque que aconteceu no início da partida, mas que ilustra bem o incrível jogo coletivo, além da paciência para executar jogadas, do time de Gregg Popovich.

No primeiro quarto da partida, os Warriors já estavam perdendo de 6 a 1, e Curry tentou puxar rápido contra ataque, porém uma displicência na hora de trocar a bola de mão fez com que o sempre atento Kawhi Leonard roubasse a bola e armasse um outro contra-ataque.

Na transição, encontrou Tony Parker completamente livre na zona morta. O francês recebeu a bola, se ajeitou para o chute, porém Danny Green chegava livre na cabeça do garrafão. Parker não estava na zona de três pontos, e seu chute de média distancia é menos garantia de acerto do que uma bandeja de Green. Teve paciência e tocou para Green.

Screen Shot 2015-04-09 at 11.22.32 AM

Danny Green recebeu a bola e foi para a definição, só havia Andrew Bogut para marcá-lo no garrafão. A maioria dos jogadores iria para a definição. Green não foi. Viu que havia um Kawhi Leonardo sem marcação atrás do pivô dos Warriors e fez o passe. Bogut ficou vendido na jogada.

Screen Shot 2015-04-09 at 11.22.45 AM

Quando Kawhi recebeu a bola, percebeu que Harrison Barnes vinha em disparada em sua direção. Teve calma, deixou o jogador do Warriors praticamente “passar por cima” dele, e ficou livre para uma rápida enterrada.

Screen Shot 2015-04-09 at 11.23.01 AM

Em todas as oportunidades de passe, os jogadores dos Spurs poderiam ter facilmente arremessado a bola, eles teriam qualidade para acertar a cesta. Porém essa não é a mentalidade do time. Popovich força seus jogadores a jogarem no coletivo, a não forçarem cestas, mas sim criar oportunidades para facilitar as definições. O que era um arremesso de média distância em que a probabilidade de conversão era questionável, se tornou em uma fácil e livre enterrada.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top