NBA

Dia 21 dos playoffs: LeBron brilha e Cavs abrem 3-0, Celtics batem 76ers de novo

Cleveland Cavaliers (3-0) 105 x 103 Toronto Raptors (0-3)

Caso você tente o arremesso que LeBron James fez para decidir o jogo contra o Toronto Raptors, é provável que a bola quase volte para a meia-quadra tamanha a tijolada. Mas o camisa 23 é um dos maiores da história e continua sua campanha “vou fazer Toronto se sentir miserável”, liderando a equipe na terceira vitória em três jogos na série.

O jogo 4 será na segunda-feira e pode ser a última partida da série. Do jeito que está, difícil imaginar o contrário.

E o pior é que parecia que os canadenses conseguiriam transformar a série em algo a mais que gato e rato preso em uma jaula. OG Anunoby acertou uma bola de três faltando oito segundos que empatou a partida, colocando a cereja no bolo de um quarto que a equipe fez 38 pontos e cortou a diferença de 14 pontos.

E isso sem DeMar DeRozan, que foi colocado no banco por ter uma noite miserável, com apenas três arremessos certos em 12 tentados e oito pontos.

Só que LeBron, com 36 pontos até o momento, pegou a bola, acelerou e mesmo empurrado por Anunoby, achou o ângulo perfeito para o buzzer beater. Simplesmente inacreditável.

Philadelphia 76ers (0-3) 98 x 101 Boston Celtics (3-0)

Marco Belinelli acertou o arremesso e o buzzer beater foi entendido como uma bola de três por muita gente, inclusive do profissional do cerimonial que estourou o confete. O problema é que ele pisou na linha, a bola foi de dois e o jogo foi para a prorrogação. E lá os Celtics fizeram os 76ers pagarem e abrir 3 a 0 nos playoffs, um buraco que ninguém na história dos playoffs da NBA reverteu.

Não foi um bom jogo dos Celtics, que acertou apenas 10 de suas 38 bolas de três. Mas a defesa fez um bom trabalho, limitando JJ Redick a seis arremessos certos em 15 tentados e Joel Embiid a 10 de 26. Robert Covington teve um jogo pavoroso com 1 ponto e 0 de 8 na quadra.

Já Jayson Tatum foi sensacional, com 24 pontos e um plus-minus de +24, algo inacreditável em um jogo tão pegado.

Na prorrogação os Sixers começaram bem, mas os Celtics fecharam a diferença, Al Horford aproveitou um mismatch para uma cesta vital e Ben Simmons – 16 pontos, 8 rebotes e 8 assistências – falhou no lance seguinte ao reiniciar a partida. E assim os 76ers vão ter que lutar por sua sobrevivência nesta segunda-feira. Pelo menos é em casa.

 

Comments
To Top