Lance Livre

Pensando na pós

 

Crédito: Instagram/Reprodução

Crédito: Instagram/Reprodução

A pós-temporada da NBA se aproxima e praticamente todos seus integrantes estão definidos. No Leste, Miami e Indiana disputam apenas quem será o primeiro, algo de suma importância. Se o Heat não tivesse garantido o topo da classificação, provavelmente não teria vencido os próprios Pacers e os Spurs para conquistar o campeonato. Entretanto, o técnico Frank Vogel parece ter jogado a toalha e já disse que poupará Paul George, David West e Roy Hibbert neste fim de temporada regular. O mais importante para o time amarelo e azul agora é descansar seus astros e fazer eles reaprenderem a jogar basquete, algo que eles esqueceram nas últimas semanas.

Ainda no Leste, Toronto, Chicago, Brooklyn, Washington e Charlotte também garantiram seu espaço. Ainda podem haver algumas alterações, mas por enquanto teremos Pacers e Bobcats, Raptors x Wizards (confronto interessantíssimo de dois times que só têm a crescer) e Bulls x Nets, confronto que já aconteceu no ano passado, com vantagem para os touros. Mas e o adversário do Miami Heat?

Uma coisa certa é que independente de serem os Hawks, os Knicks ou até os Cavaliers, eles não darão nem para o cheiro. O confronto mais interessante seria Heat x Cavaliers. LeBron sempre doutrinou quando voltou para Cleveland, mas em jogo de playoff a pressão seria outra. Com três vitórias a menos e dois jogos a mais se compararmos com o atual oitavo colocado, o Atlanta Hawks, esse cenário está praticamente descartado e nem gastaremos tempo com ele.

Sobram os Knicks.  A tarefa não será fácil e a vaca só não foi para o brejo porque o time engatou nas últimas semanas, provavelmente tarde demais. Com duas vitórias a menos e um jogo a mais, a equipe de NY não pode nem pensar em perder os seguintes jogos: Toronto (fora), Chicago (casa), Brooklyn (fora), Toronto (casa). O ponto negativo: só time de playoff. O ponto positivo: tirando chaveamento, essas equipes só pensam no mata-mata. Os Hawks pelo visto querem ajudar a franquia presidida por Phil Jackson. Após uma derrota para os Pistons em casa, a equipe da Georgia pega Boston (casa), Brooklyn (fora), Miami e Charlotte (casa) e Milwaukee (fora). Caso consiga a proeza de perder essa vaga depois de ser o terceiro colocado da Conferência, a torcida dos Hawks, que já não é muito empolgada com o time, pode expulsar a franquia da cidade.

Já no Oeste, as coisas estão mais emocionantes, como toda a temporada aliás. Golden State (48-29), Dallas (48-31), Phoenix (46-31) e Memphis (45-32) brigam por três vagas. Uma das decepções da temporada por nunca ter engrenado, os Warriors devem assegurar seu lugar logo. Sobram assim três times, todos com argumentos justos para chegar nos playoffs.

Dallas acelerou sua reconstrução após o terremoto que destruiu a base campeã em 2011. O peladeiro Monta Ellis encaixou com José Calderón. Este último inclusive se tornou uma ameaça atrás da linha de três, com 45,4% de acerto. Eles, claro, são o apoio para Dirk Nowitzki, que se não é o mesmo de anos atrás, ainda é um cara de mais de 2.10 que sabe arremessar como um ala-armador dos bons.

Já Phoenix é a surpresa da temporada e um dos times mais legais de assistir. O que era para ser mais uma temporada para tankar, principalmente após a troca de Marcin Gortat, se tornou um ano no mínimo interessante com Goran Dragic se tornando protagonista e sendo ajudado pelos irmãos gêmeos Markieff e Marcus Morris e o ala-armador Gerald Green, candidato ao prêmio de jogador que mais evoluiu. Com a volta de Eric Bledsoe e treinados pelo lendário Jeff Hornacek, seria legal ver esse time nos playoffs. E ainda mais legal se pegasse o Thunder, time que venceu poucos dias atrás.

E por fim os Grizzlies. A equipe teve uma queda notável em relação aos últimos anos, muito por causa da contusão de Marc Gasol. Mas ele voltou e junto com Zach Randolph ainda formam um garrafão chato de se enfrentar nos dois lados da quadra.

E ainda todos eles se enfrentarão nestes últimos dias. A pior tabela é a dos Suns, porque serão quatro jogos fora de casa: Pelicans, Spurs, Mavericks, aí joga em casa contra os Grizzlies e fora contra Sacramento. Os Mavs também não terão vida fácil: San Antonio e Phoenix em casa e Grizzlies fora.  O time do Tennessee terá Heat e 76ers em casa, Lakers e Suns em casa e Mavs fora. Caso não tropecem contra equipes que não querem nem entrar em quadra mais, as duas vagas finais serão um banho de sangue entre as três equipes do oeste. Melhor para o fã de basquete.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top