NBA

Paul George sobre papel nos Pacers: “tenho coisa demais para fazer agora”

(Foto: Reprodução/Instagram)

(Foto: Reprodução/Instagram)

Uma verdadeira força ofensiva e defensiva do Indiana Pacers, Paul George é a principal razão para a equipe estar 16-11 neste momento. Mas talvez a pressão e a carga sobre o camisa 13 esteja excessiva e isso ficou claro na derrota para o San Antonio Spurs na segunda.

A narrativa depois da partida foi que George, marcado por Kawhi Leonard, simplesmente não conseguiu repetir suas boas atuações. E vendo os números é difícil não concordar: 7 pontos – mais 7 rebotes e 6 assistências – com um horroroso aproveitamento, apenas 1 tiro certo em 14 tentados e seis turnovers. Enquanto Leonard teve mais uma noite destrutiva: 24 pontos, 5 assistências e 6 rebotes.

Mas George não quer saber do papo de anulação: “só não foi minha noite”, disse. “Eu perdi alguns arremessos que venho fazendo toda a temporada. Tive tiros sem marcação que não consegui derrubar. Kawhi nem estava na jogada”, disse a estrela dos Pacers.

Mas o mais marcante foi o desabafo de George sobre a situação dos Pacers, especialmente no ataque. A equipe, que teve uma reformulação nesta offseason, abrindo mão de seus dois jogadores de garrafão (Roy Hibbert e David West) e adiantando George para a posição 4, está com problemas criativos. E George não tem medo de botar o dedo na ferida.

“Eu estou fazendo demais. Sinto que estou sendo forçado a fazer muito agora. Tentando criar, fazer o ataque decolar, tentando fazer eu mesmo decolar, tentando mover a bola, criar jogadas quando temos uns momentos mortos. Estou tendo que achar meu caminho no meio de tudo isso.”

Se há uma pessoa que pode achar esse caminho é George. Mas sem dúvidas outros jogadores, como George Hill e Monta Ellis precisam dar uma força.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top