NBA

NBA suspende Jeff Taylor, do Charlotte Hornets, por 24 jogos

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

A NBA suspendeu o ala Jeff Taylor, do Charlotte Hornets, por 24 partidas sem a possibilidade de pagamento de multa, depois que ele se declarou culpado por um caso de violência doméstica e destruição de propriedade de um hotel.

Taylor vai ganhar crédito pelos 11 jogos que ele ficou afastado e, desta forma, ele ainda ficará suspenso por mais 13 compromissos dos Hornets, o que significa pouco mais de um quarto dos 82 jogos previstos para cada equipe na temporada regular. A suspensão ainda vai custar aos bolsos do jogador US$ 199.689 e seu salário de US$ 915 mil.

“Esta suspensão é necessária para proteger os interesses da NBA e a confiança pública nela. A conduta do Sr. Taylor viola a lei e, em minha opinião, ela não se encaixa nos padrões de moralidade, sendo prejudicial para a NBA”, declarou Adam Silver, comissário da liga.

A pena de 24 partidas não representa um novo padrão da NBA para casos de violência doméstica, já que a liga planeja tratar cada caso de uma forma específica.

Atualmente com 25 anos de idade, Jaff Taylor está em sua terceira temporada na NBA e, em seus dois primeiros anos de profissional, ele apresentou médias de 6,6 pontos, dois rebotes e 0,8 assistência.

O jogador foi sentenciado a cumprir 18 meses de liberdade vigiado, sendo que Taylor deve passar 26 semanas em um programa de intervenção para pessoas com problema de violência doméstica.

A NBA conduziu uma investigação da prisão de Jeff Taylor em um hotel em Michigan na manhã do dia 25 de setembro, depois que ele se envolveu em uma briga com uma mulher, com a qual estava tendo um relacionamento amoroso, e ambos consumiram bastante álcool. O casal então começou a discutir em voz alta e os hóspedes do hotel acionaram a segurança do local.

Quando a discussão esquentou, Taylor empurrou a moça de forma violenta no corredor, de forma que a mulher caiu no chão e ainda bateu a cabeça em uma porta. Ela ficou ferida, mas teria recusado tratamento médico.

Na ocasião, Jeff Taylor acabou sendo detido pelos policiais e, segundo a investigação da liga, ele estava “beligerante e não cooperativo”.

Adam Silver frisou que Taylor precisa entrar em um programa para tratamento de pacientes com problemas com álcool e passar por testes de sobriedade durante 60 dias. Além disso, o jogador terá que cumprir 80 horas de serviços comunitários. Caso o ala cumpra suas obrigações, a acusação de violência doméstica será retirada.

Selecionado na segunda rodada do draft de 2012 pela franquia de Charlotte, Jeff Taylor ficou fora do time durante boa parte do ano passado, já que ele rompeu o tendão de Aquiles, mas agora o ala está saudável.

Comments
To Top