NBA

NBA quer mudar o sistema de loteria do Draft para tentar igualar as chances das franquias

(Foto: Reprodução/Instagram)

(Foto: Reprodução/Instagram)

Na tarde da última quarta-feira, 16 de julho, a NBA apresentou para os diretores da liga uma nova maneira de realizar a “loteria do Draft”, de acordo com o jornalista Zach Lowe. Seria um projeto para tornar as chances de ficar com a primeira escolha do Draft mais igual.

Atualmente, a pior franquia da temporada tem 25% de chances, a segunda pior tem 19,9%, a terceira pior tem 15,6%, as outras equipes que participam da loteria ficam com 1,1% ou menos de chances de ficar com a primeira escolha do Draft e poder escolher o melhor prospecto da NCAA.

A ideia da NBA seria dar aos quatro piores times a mesma chance de ficar com a primeira escolha, aproximadamente 11% para cada uma dessas quatro franquias. Assim, as chances das outras equipes envolvidas na loteria iriam baixando gradualmente, o quinto pior para 10% até chegar ao último participante do evento com 2%, que seria maior do que o 0,5% de chance que é dada, no sistema atual, para o último colocado.

O projeto foi apresentado durante os jogos da Summer League, em Las Vegas, onde os prospectos do Draft e jogadores que vieram da Europa jogam por suas franquias pela primeira vez. Entretanto, ainda não está decidido se esse novo modelo será ou não adotado já na próxima temporada.

Comments
To Top