NBA

NBA e Michael Jordan ficam do lado de LeBron após tweet de Donald Trump

LeBron James escola

Crédito: Instagram/reprodução

Donald Trump não se interessou tanto pela inauguração da escola que LeBron James construiu na sua cidade natal de Akron (Ohio), preferindo atacar a inteligência do jogador. E isso obviamente gerou péssima repercussão na NBA, onde o Presidente dos Estados Unidos já não tinha apoio nenhum.

 

“LeBron foi entrevistado pelo homem mais burro na televisão, Don Lemon. Ele fez LeBron parecer inteligente, o que não é fácil de fazer. Eu gosto do Mike!”, declarou Trump. Não fica claro, mas o Mike no caso deve ser é Michael Jordan, com quem LeBron é comparado por seus feitos em quadra.

O próprio Jordan não quis receber esse elogio e em entrevista a Shams Charania, do site The Vertical (Yahoo), disse que apoia LeBron e que ele está fazendo um excelente trabalho para sua comunidade.

A NBA foi mais longe, com Adam Silver assinando diretamente um comunicado.

“LeBron James é um dos maiores jogadores da NBA na história e um dos atletas que mais conquistou. (…) Eu admiro muito sua inteligência e habilidade nos negócios e tenho enorme respeito e apreço pelo que ele faz por sua comunidade”, disse Silver.

Se Jordan e Silver não quiseram citar diretamente o tweet de Donald Trump, os jogadores da NBA não se pouparam e pensaram em ser diplomáticos.

“Deixa eu entender direito: Flint (cidade do Michigan) não tem água potável ainda, mas você está preocupado com uma entrevista de um homem fazendo o bem para a educação e geração de crianças na sua cidade natal? Cala a sua boca! Para de usar esses dedos no Twitter e faça coisas pelo nosso país com essa caneta”, disse Karl-Anthony Towns.

“Eu não tinha visto necessidade de dizer até agora que sinto orgulho de LeBron James por abrir uma escola ajudando crianças e suas famílias rumo a uma vida melhor. Tudo feito com seu dinheiro. Alguém criticar isso é vergonhoso e não tem compaixão”, disse Bill Russell.

 

A primeira-dama, Melania Trump, se pronunciou mediante sua equipe de relações públicas e elogiou a iniciativa do jogador, abrindo a possibilidade até de visitar a escola “I Promise”. Parece que nem em casa o Presidente está sendo bem visto.

Comments
To Top