NBA

NBA aprova mudanças na loteria do Draft e punições por descanso de jogadores

NBA aprova mudanças jogadores uniformes

Crédito: Instagram/reprodução

A NBA reuniu os donos das 30 franquias e aprovou duas mudanças bastante importantes: a loteria para o Draft agora será menos previsível e os times podem ser multados caso descansem jogadores que não estão lesionados em jogos que são televisionados.

Sobre a loteria do Draft, já tínhamos falado sobre o desejo de Adam Silver de mudar as porcentagens para o pior time em desempenho não ter uma chance muito maior de conseguir a primeira escolha do Draft que o terceiro ou quarto piores times, como foi até este ano.

Apesar do receio dos donos de franquias de mercados menores em mexer nisso e ter menos chance de conseguir os melhores atletas, já que a free agency beneficia historicamente os times em cidades grandes, a proposta de Silver passou quase por unanimidade: 28 votos a favor, uma abstenção (Dallas Mavericks) e um voto contra (Oklahoma City Thunder).

Agora, os três piores times em desempenho em um ano tem chances iguais de conseguir a primeira escolha do Draft seguinte: 14%, ao invés de 25%, 19,9% e 15,6% como é hoje e ainda será em 2018. A nova política entra em vigor apenas no Draft de 2019.

Outra mudança importante no sistema é que agora o pior time na temporada anterior pode cair até quarto na loteria, quando antes na pior das hipóteses a terceira posição estava garantida. O segundo até quinto, o terceiro até sexto e por aí vai.

A intenção é clara: evitar que os times que não veem futuro em seus elencos atuais, negociem todas as peças para ir mal na temporada e assim ganhar dos céus o melhor talento jovem daquele ano. O popular “tank”.

Outra mudança bastante importante foi a instituição da possibilidade de times que pouparem jogadores em partidas televisionadas da temporada regular serem multados pelo comissário. Nos últimos anos, as equipes começaram a descansar seus atletas, inclusive em duelos importantes, e isso gerou um grande debate na NBA. Agora, Silver pode multar esses times que pouparem vários jogadores sem uma justificativa clara ou então quando a partida for televisionada pela ESPN, ABC e TNT.

Além disso, quando os jogadores precisarem mesmo serem poupados, o desejo da liga é que eles sejam nos jogos que seu time está atuando como mandante. Assim, por exemplo, o torcedor dos Warriors em Toronto não corre o risco de fazer um investimento para ver Stephen Curry e Kevin Durant e descobrir que eles foram poupados na única partida do time no Canadá naquele ano. Outra medida que complementa essa é o fato da temporada regular começar antes, eliminando gargalos no calendário e muitas noites consecutivas de jogos.

 

Comments
To Top