NBA

Não por acaso, o Miami Heat é o atual bicampeão da NBA

Miami Heat cerimônia de apresentação

(Crédito: Instagram/reprodução)

Que o Miami Heat é o atual bicampeão da NBA, todos que acompanham minimamente a liga já sabem. Que eles têm um time de estrelas, também é de conhecimento público. Que LeBron James, líder do time, é um dos melhores jogadores de sua geração, por mais difícil que seja para alguns aceitarem, é verdade. Bem, com todas essas credenciais, fica a dúvida: por que é um time tão bom? Como um time com um técnico que era tido como inexperiente, sem nenhum bom pivô, e uma estrela em decadência consegue ser tão dominante na liga?

Aqui no Quinta Descida tentaremos destacar alguns aspectos que fazem do Miami Heat um constante, e forte, candidato ao título da NBA

Defesa forte do Miami Heat

Como foi dito anteriormente, o Miami Heat não conta em seu elenco com um bom pivô, que possa fazer frente com os grandes nomes na posição da liga. Porém o time compensa isso com uma defesa inteligente, que coloca os “big guys” em situações ruins para pontuar, abusando da marcação em zona e do atleticismo de seus atletas.

O vídeo mostra um lance do jogo entre Indiana Pacers e Miami Heat, no qual o time da Flórida ganhou com ampla vantagem, tendo como uma das chaves anular o grande homem de Indiana, Roy Hibbert. Veja no vídeo como o primeiro marcador de Hibbert o faz mudar de rota e com isso, o deixa desequilibrado para fazer o arremesso, que vem a ser bloqueado por um Chris Bosh que aparece fulminante do lado direito da quadra.

Variedade de jogadas

O Heat é um time com uma enorme gama de jogadas, e de jogadores para executá-las. Ao longo do jogo eles conseguem mudar o foco de tiros do perímetro para infiltrações do garrafão. É um leque muito amplo. Diferente de times como o Golden State Warriors que são, de certa forma, reféns das bolas de três, ou do Orlando Magic na era Dwight Howard, que jogava em função do grande pivô, o Miami Heat tem diversos jogadores para distribuir as bolas.

O vídeo abaixo mostra as dez melhores jogadas do time na última temporada e nessa pequena amostra podemos ver uma série de jogadas diferentes, executadas por jogadores diferentes: transição rápida, infiltração, roubo de bola na quadra adversária, Alley-opps, e bolas de três (atenção especial para elas no vídeo, que de quatro desses lances, são três arremessadores diferentes, mostrando a variedade de chutadores no time)

O Miami Heat é um time clutch

Aqui neste tópico que haters do LeBron James irão reclamar. Mas só não enxerga quem não quer: o cara abandonou a estigma de amarelar em finais e se tornou um grande jogador quando as coisas apertam. Quem assistiu ao jogo 6 das últimas finais sabe o que LeBron fez, em especial depois que tirou sua bandana: uma enterrada depois de uma bola forçada de Mario Chalmers, posses depois, um bloqueio espetacular em Tim Duncan seguido de uma infiltração sensacional. Depois dessa sequência de lances, o jogo estava empatado

Mas não é só de LeBron que o Miami vive, e mostrando a versatilidade do elenco, a jogada mais sensacional do ano (pelo menos para o Miami) veio das mãos de Chris Bosh, que agarrou um rebote ofensivo crucial, e Ray Allen, responsável por uma bola de três que empatou um jogo que estava quase definindo o título para o San Antonio Spurs.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top