NBA

Myles Garrett critica ida de Kevin Durant ao Golden State Warriors

Myles Garrett, defensive end do Cleveland Browns

(Crédito: Instagram/reprodução)

O defensive end Myles Garrett, do Cleveland Browns, deixou claro que não apoia nem um pouco a decisão de Kevin Durant de ir para o Golden State Warriors em 2016.

Depois de atuar por nove temporadas no Oklahoma City Thunder, o ala viu a chance de acertar com os Warriors em 2016 e lá ele conquistou títulos nas duas últimas temporadas da NBA.

“KD quebrou a liga”, afirmou Garrett, em uma entrevista à ‘WKRK-92.3’, de Cleveland, nesta quinta-feira (14).

Garrett disse que Durant “tomou o caminho mais fácil”, juntando-se a um time dos Warriors que tinha tido uma campanha de 73 vitórias e nove derrotas na temporada anterior à sua chegada.

Para o pass rusher dos Browns, a ida de LeBron James ao Miami Heat na época, para jogar ao lado de Dwyane Wade e Chris Bosh, foi diferente porque o sucesso deles não era garantido e o Heat “teve que se solidificar”.

“Com KD, você só o aciona e ele pontua”, observou Garrett. “Você já sabia o que eles tinham. Eles foram 73-9 antes, e você colocou o segundo melhor jogador do mundo em um time que já era um dos melhores de todos os tempos, e é claro que você terá sucesso, um sucesso bem fácil. Qualquer um pode ter uma noite de folga e eles ainda podem encontrar uma maneira de vencer”, prosseguiu o defensive end.

“Se eu fosse ele, eu nunca teria tomado uma decisão como essa em primeiro lugar. Eu sou muito competitivo para tentar montar em cima de alguém para pegar um W (vitória, em inglês). Mas, para ele, você deve ficar no local onde está agora. Não há sentido em sair já que você já tomou essa alcunha de ter sido chamado de cobra e cupcake e tudo isso”, frisou Garrett. “Você pode permanecer e apenas continuar vencendo”, finalizou o jogador da NFL.

Durant, que pode ser um free agent neste meio de ano, já declarou que vai permanecer na franquia californiana.

Recentemente, em entrevista ao ‘Yahoo! Sports’ no dia 9 de junho, Kevin Durant abordou as críticas de que ele arruinou a NBA com sua ida para os Warriors.

“Minha responsabilidade é com minhas habilidades. Minha responsabilidade é comigo mesmo. Eu não estou preocupado com a NBA. Esse é o trabalho deles. Eles ganham muito dinheiro. Eles não estão me pagando o suficiente para ditar a NBA. Eu deveria estar ganhando mais dinheiro se tudo isso é culpa minha. Minha responsabilidade é com qualquer em que eu jogar”, frisou o astro de Golden State.

Comments
To Top